Jornal do Commercio
BRIGA DE BAR

Idoso confunde ketchup com sangue e esfaqueia homem em bar

O senhor, de 69 anos, achou que o homem havia machucado seu filho

Publicado em 11/10/2018, às 11h48

O homem esfaqueado foi socorrido pelo Samu e não corre risco de morrer / Foto: Prefeitura de Ipatinga/Divulgação
O homem esfaqueado foi socorrido pelo Samu e não corre risco de morrer
Foto: Prefeitura de Ipatinga/Divulgação
JC Online

Um senhor de 69 anos esfaqueou outro homem em Ipatinga, Vale do Aço de Minas Gerais, após confundir o ketchup no braço do filho com um corte sangrando e pensar que o rapaz havia machucado seu familiar. O caso aconteceu na última terça-feira (9).

De acordo com testemunhas, a ação foi consequência de uma brincadeira. Bebendo no bar o dia inteiro, a vítima, de 41 anos, e o filho do senhor, de 39, resolveram jogar ketchup um no outro. Sob o efeito da bebida, o parente do idoso caiu no chão e não conseguiu mais se levantar.



Neste momento, uma terceira pessoa, que passava pelo local, correu para contar ao idoso que seu filho estaria envolvido em uma suposta briga. Desesperado, o idoso correu para o bar com uma faca e esfaqueou o amigo do filho pelas costas.

De acordo com o R7, o suspeito fugiu, mas a Polícia Militar o capturou alguns quarteirões adiante. A vítima foi socorrida pelo Samu e seu estado de saúde é estável, sem risco de morte.


Palavras-chave




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Papai Noel o ano inteiro Papai Noel o ano inteiro
As luzes na cidade anunciam que o Natal já chegou. É nesta época do ano que o espírito natalino faz aflorar alguns dos sentimentos mais nobres. Agora iremos contar histórias de pessoas, organizações e empresas que fizeram da solidariedade missão de vida
Vida fit todo dia Vida fit todo dia
Apesar de a abertura do Verão no Brasil só acontecer em dezembro, no Nordeste há uma antecipação da data. Por esse motivo, que tal aproveitar esses meses de energia para cultivar bons hábitos e mudar o estilo de vida? Veja várias dicas de como se cuidar
BRT: E agora? BRT: E agora?
Ele está ferido, sofrido. Esquecido. E sem perspectivas de melhoria. Tem sobrevivido como é possível e, apenas pontualmente, esboça reações positivas. O sistema BRT, Bus Rapid Transit, tem sofrido de inanição em todo o País. E poderá se perder.

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2018 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM