Jornal do Commercio
Bons tempos

Estrela relançará Pogobol, clássico da infância dos anos 1990

Quem foi criança nos anos de 1990 com certeza já brincou ou quis brincar com um Pogobol

Publicado em 04/12/2018, às 21h13

Nos anos 1990, as crianças se cansavam de tanto pular num Pogobol desses / Foto: Estrela/Divulgação
Nos anos 1990, as crianças se cansavam de tanto pular num Pogobol desses
Foto: Estrela/Divulgação
JC Online
Com informações da Exame.com

Quem aí lembra do Pogobol, famoso brinquedo que fez muita criança pular até cansar nos anos 1990? É que a Estrela anunciou que ele, ícone da infância nesta época, será relançado pela marca. A novidade acontecerá durante o Comic Con Experience (CCXP), que acontece entre os dias 6 a 9 de dezembro, em São Paulo.

Preço e cores

Nesta nova edição, o brinquedo chegará ao mercado, a partir de janeiro de 2019, nas cores roxo com preto e preto com laranja, como nesta foto. O preço sugerido será de R$ 159,99. Lançado durante o Natal de 1987, o Pogobol chegou a vender, à época natalina, mais de 800 mil unidades no Brasil. 



Uma pena que neste Natal o produto ainda não estará disponível no mercado. Mas será que ele vai 'bombar' novamente, assim como aconteceu na infância dos anos 1990?


Palavras-chave

Recomendados para você




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Papai Noel o ano inteiro Papai Noel o ano inteiro
As luzes na cidade anunciam que o Natal já chegou. É nesta época do ano que o espírito natalino faz aflorar alguns dos sentimentos mais nobres. Agora iremos contar histórias de pessoas, organizações e empresas que fizeram da solidariedade missão de vida
Vida fit todo dia Vida fit todo dia
Apesar de a abertura do Verão no Brasil só acontecer em dezembro, no Nordeste há uma antecipação da data. Por esse motivo, que tal aproveitar esses meses de energia para cultivar bons hábitos e mudar o estilo de vida? Veja várias dicas de como se cuidar
BRT: E agora? BRT: E agora?
Ele está ferido, sofrido. Esquecido. E sem perspectivas de melhoria. Tem sobrevivido como é possível e, apenas pontualmente, esboça reações positivas. O sistema BRT, Bus Rapid Transit, tem sofrido de inanição em todo o País. E poderá se perder.

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2018 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM