Jornal do Commercio
CEARÁ

Criminosos tentam derrubar viaduto em série de ataques na Grande Fortaleza

As ações criminosas ocorreram após fala de novo secretário de que não reconhece facções e não manterá modelo atual de divisão de presídios entre facções

Publicado em 03/01/2019, às 07h40

Coluna de viaduto atingida por explosão / Foto: via WhatsApp / O Povo
Coluna de viaduto atingida por explosão
Foto: via WhatsApp / O Povo
O Povo para a Rede Nordeste

Criminosos detonaram explosivos nas colunas que sustentam viaduto próximo a posto da Polícia Rodoviária Federal em Caucaia, na Grande Fortaleza. Pilastras foram danificadas na explosão, na madrugada desta quinta-feira, 3. O estrondo foi ouvido por moradores nas redondezas.

Vídeo dos alicerces do viaduto após explosão:

Em Fortaleza, na noite dessa quarta-feira, 2, pelo menos dois ônibus foram incendiados, no bairro Edson Queiroz e na avenida Cônego de Castro, Parque São José.

Vídeo mostra um dos ônibus incendiados:

Pelo menos dois aparelhos de fotossensor também foram incendiados, um na avenida Washington Soares e outro próximo ao viaduto do Makro. 

Suspeitos de envolvimento nos ataques foram conduzidos à Delegacia Metropolitana de Caucaia. Ao menos um, menor de idade, foi levado à Delegacia da Criança e do Adolescente (DCA), em Fortaleza.

A onda de ataques ocorre após fala do novo secretário da Administração Penitenciária, Luís Mauro Albuquerque, de que não reconhece facção criminosa no Ceará. Ele também disse que a divisão de presos por unidades não deve obedecer à lógica que o Governo do Estado tem adotado até aqui, que é a de distribuir os internos segundo seus vínculos com organizações criminosas.

Detento que chefia tráfico no Litoral Leste teria ordenado ataques

A ordem para os ataques teria partido de dentro da Casa de Privação Provisória de Liberdade Professor Clodoaldo Pinto (CPPL) II, em Itaitinga, na Região Metropolitana de Fortaleza. Pelo menos esta é a linha de investigação trabalhada, na manhã desta quinta-feira, 3, pelas coordenadorias de Inteligência das Secretarias da Segurança Pública e Defesa Social (Coin-SSPDS) e da Secretaria da Administração Penintenciária (Coint-SAP).

Pouco depois das primeiras confirmações de incêndios a ônibus e detonação da coluna do viaduto, líderes da facção Comando Vermelho (CV), na CPPL II, foram retirados de celas conjuntas e postos em isolamento.

O POVO Online apurou que as autoridades penitenciárias e de segurança estariam atribuindo o comando das investidas a um traficante preso naquela unidade. Ele seria o chefe da distribuição e venda de drogas em cidades do Litoral Leste (Pindoretama e Cascavel, na Região Metropolitana, e Beberibe), no lado Sul da Capital e em parte de Caucaia - onde fica o viaduto atacado.



Na inspeção feita na cela do traficante, que terá o nome preservado a pedido da fonte, havia um celular que estaria com informações associadas aos ataques anteriores aos acontecimentos. Um juiz analisa, desde cedo, um pedido de quebra de sigilo temático. Os setores de Inteligência pretendem extrair dados que permanecem arquivadas no HD ou no chip do telefone - como fotos, áudios e conversas.

Os ataques coincidiram com a fala do novo secretário estadual da Administração Penitenciária, Luís Mauro Albuquerque. O titular da SAP disse que não reconhece facções criminosas no Ceará. Ele também afirmou que mudará a lógica de divisão de presos por unidades penitenciárias de acordo com cada organização criminosa.

Prefeitura atingida

O ataque na madrugada causou ainda incêndio e destruiu seis veículos no pátio do Departamento Municipal de Trânsito (Demutran) de Horizonte, Região Metropolitana de Fortaleza (RMF). De acordo com a assessoria de imprensa do Município, um dos veículos era do próprio departamento enquanto os outros cinco estavam no trâmite da Justiça.

O órgão público fica localizado na rua Raimundo Alves da Silva, no bairro Planalto Horizonte. Ataque ocorreu às 4h40min. Coforme a Polícia Civil de Horizonte, ninguém havia sido preso até às 10 horas.

De acordo com o secretário da Segurança do Município, Daniel Xavier da Costa, os criminosos jogaram as bombas artesanais no pátio de uma das ruas laterais do órgão. Dos cinco carros custodiados pela Justiça, três foram incendiados totalmente e dois parcialmente. O veículo usado pelo Demutran, um Renault Sandero 2012, estava parado por problemas mecânicos.

"Os criminosos encostaram do lado de fora, em uma rua lateral, e jogaram os coquetéis. Os bombeiros agiram rapidamente, se não o incêndio teria sido maior. O prédio fica no Centro, em um terreno grande, e havia uma viatura de serviço aqui no momento do crime e a equipe me acionou", relata. A Guarda Municipal de Horizonte funciona no mesmo prédio.

Em nota, a Prefeitura do Município afirmou que o Demutran está fncionando normalmente nesta manhã. No entanto, a reportagem do O POVO Online identificou que órgão estava fechado às 9h50min e nenhum veículo havia sido retirado. "As Polícias Militar e Civil, a Guarda Municipal, e o Corpo de Bombeiros agiram rapidamente e a situação foi rapidamente controlada", diz a nota. Moradores acordaram com o barulho das explosões e acionaram o Corpo de Bombeiros. A Polícia investiga o caso.




Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.

OFERTAS

Especiais JC

Especial Nova Rotação Especial Nova Rotação
As cidades estão entrando em colapso. Refletem o resultado da mobilidade urbana convencional, um mal incorporado à sociedade e de difícil enfrentamento.Mas o momento de inverter essa lógica é agora. Criar uma nova rotação para as cidades, para as pessoas
JC Recall de Marcas 2019 JC Recall de Marcas 2019
Pitú e Vitarella são as marcas mais lembradas pelo consumidor pernambucano, de acordo com a edição 2019 do Prêmio JC Recall de Marcas. O ranking foi feito a partir de levantamento do Harrop Pesquisa para o Jornal do Commercio.
Especial Tempo de Férias Especial Tempo de Férias
O tempo das férias finalmente chegou e com ele os vários planos sobre o que fazer no período livre. O JC traz algumas dicas de como otimizar o período para voltar renovado do merecido descanso.

    SIGA-NOS

    LICENCIAMENTO

  • Para solicitação de licenciamento, contactar editores@ne10.com.br

Jornal do Commercio 2019 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE |

PRIVACIDADE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM