Jornal do Commercio
ATAQUES

21 líderes de facção do Ceará serão transferidos para presídio federal

Mesmo presos, eles são acusados de comandarem de dentro das cadeias a onda de ataques que toma conta das ruas do Ceará

Publicado em 09/01/2019, às 07h36

Vinte e um líderes da facção criminosa Comando Vermelho (CV) serão transferidos nesta terça (8) / Foto: O Povo
Vinte e um líderes da facção criminosa Comando Vermelho (CV) serão transferidos nesta terça (8)
Foto: O Povo
O Povo para a Rede Nordeste

Vinte e um líderes da facção criminosa Comando Vermelho (CV) serão transferidos nesta terça-feira, 8, do sistema penitenciário do Ceará para um presídio federal. Mesmo presos, eles são acusados de comandarem de dentro das cadeias a onda de ataques e atentados que toma conta das ruas do Ceará há sete dias. Por questão de segurança, O POVO opta por não divulgar o local para onde os criminosos irão. 

Uma ordem judicial, atendendo um pedido do Grupo de Atuação Especial de Combate às Organizações Criminosas (Gaeco), foi concedida em caráter de urgência, excepcionalidade e extrema necessidade. Além dos 21 integrantes do CV, mais 40 presos das facções GDE (20) e do PCC (20) serão retirados do Ceará para outras penitenciárias federais.



Onda de ataques

Desde a última quinta-feira (3), a Região Metropolitana de Fortaleza tem sido alvo de inúmeros ataques. Nesta terça (9), o número chegou a 180, segundo levantamento do Estado de S. Paulo. O governo, por sua vez, informou que ainda não há um balanço oficial.

De acordo com a Secretaria de Segurança, foram detidos 185 suspeitos de envolvimento nos crimes, entre eles 29 adolescentes. Nesta terça, mais 200 agentes da Força Nacional desembarcam no Ceará para se juntar ao efetivo de 300 homens que atua no estado desde o fim de semana.





Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.

OFERTAS

Especiais JC

Especial Tempo de Férias Especial Tempo de Férias
O tempo das férias finalmente chegou e com ele os vários planos sobre o que fazer no período livre. O JC traz algumas dicas de como otimizar o período para voltar renovado do merecido descanso.
Copa América no Brasil Copa América no Brasil
Confira a relação da Copa América com o Brasil, o histórico e detalhes da edição deste ano, na qual a seleção terá que se virar sem Neymar, cortado do torneio. Catar e Japão participam como convidados
O nome dele era Gabriel Diniz O nome dele era Gabriel Diniz
José Gabriel de Souza Diniz, o Gabriel Diniz, ou simplesmente GD como os fãs o chamavam, morreu precocemente, aos 28 anos, em um acidente com um pequeno avião no litoral sul de Sergipe ocorrido na segunda-feira, 27 de maio de 2019.

    SIGA-NOS

    LICENCIAMENTO

  • Para solicitação de licenciamento, contactar editores@ne10.com.br

Jornal do Commercio 2019 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE |

PRIVACIDADE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM