Jornal do Commercio
MAIS MÉDICOS

Mais de 1,4 mil vagas de médicos cubanos não são preenchidas por brasileiros

O número representa cerca de 16% dos postos de trabalho deixados pelos estrangeiros em novembro, quando Cuba rompeu o convênio com o Brasil

Publicado em 11/01/2019, às 17h00

Do total de postos não preenchidos, 842 nem sequer tiveram inscritos / Foto: Karina Zambrana /ASCOM/MS
Do total de postos não preenchidos, 842 nem sequer tiveram inscritos
Foto: Karina Zambrana /ASCOM/MS
Estadão Conteúdo

Mais de 1,4 mil vagas deixadas pelos cubanos no programa Mais Médicos não foram preenchidas por profissionais brasileiros, mostra balanço divulgado nesta sexta-feira (11), pelo Ministério da Saúde. O número representa cerca de 16% dos postos de trabalho deixados pelos estrangeiros em novembro, quando Cuba rompeu o convênio com o Brasil.

As 1,4 mil vagas ficaram sem interessados mesmo após a realização de dois editais para médicos com CRM Brasil. Do total de postos não preenchidos, 842 nem sequer tiveram inscritos. Outros 620 registraram interessados, mas, após a inscrição, os médicos não compareceram às unidades de saúde no período determinado, que terminou nesta quinta-feira (10).



Oportunidade

Agora, o Ministério da Saúde abrirá as vagas ociosas para brasileiros ou estrangeiros formados no exterior que não revalidaram o diploma e, portanto, não têm registro profissional no Brasil.

Segundo cronograma divulgado pela pasta, os brasileiros formados fora do País poderão escolher as vagas nos dias 23 e 24 de janeiro. Depois, nos dias 30 e 31 de janeiro, médicos estrangeiros poderão entrar no sistema e selecionar um município com vagas abertas para trabalhar.





Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Segunda chance - Caminhos para ressocializar Segunda chance - Caminhos para ressocializar
Eles saem das prisões, mas as prisões não saem deles. Perseguem-nos até o final de suas vidas. Como uma condenação perpétua. Pena. Eles lamentam. Mas precisam seguir. E neste difícil caminho da ressocialização, o trabalho é uma espécie de absolvição.
Papai Noel o ano inteiro Papai Noel o ano inteiro
As luzes na cidade anunciam que o Natal já chegou. É nesta época do ano que o espírito natalino faz aflorar alguns dos sentimentos mais nobres. Agora iremos contar histórias de pessoas, organizações e empresas que fizeram da solidariedade missão de vida
Vida fit todo dia Vida fit todo dia
Apesar de a abertura do Verão no Brasil só acontecer em dezembro, no Nordeste há uma antecipação da data. Por esse motivo, que tal aproveitar esses meses de energia para cultivar bons hábitos e mudar o estilo de vida? Veja várias dicas de como se cuidar

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2019 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM