Jornal do Commercio
Notícia
ESCLARECIMENTOS

Filha de Caroline Bittencourt esclarece boatos sobre morte da mãe

Modelo e seus dois cachorros foram arremessados ao mar

Publicado em 06/05/2019, às 13h31

Caroline e o marido, Jorge Sestini, estavam fazendo de barco a travessia entre Ilhabela e São Sebastião / Foto: Reprodução/Instagram
Caroline e o marido, Jorge Sestini, estavam fazendo de barco a travessia entre Ilhabela e São Sebastião
Foto: Reprodução/Instagram
Estadão Conteúdo

Isabelle, filha da modelo Caroline Bittencourt morta há pouco mais de uma semana no litoral norte de São Paulo, esclareceu os boatos acerca da morte da mãe. Na última semana, circulava a informação de que a modelo teria pulado no mar para salvar seus cachorros. Seu corpo foi encontrado em São Sebastião (SP) na tarde de segunda-feira, 29 de abril, quase 24 horas após o desaparecimento.

"Ela e seu marido, Jorge Sestini, estavam fazendo de barco a travessia entre Ilhabela e São Sebastião, rumo à capital paulista. Aproximadamente na metade da travessia, eles foram surpreendidos por ventos muito fortes (rajadas que passavam de 125km/h segundo registros oficiais). Esses ventos arremessaram a Caroline e seus dois cachorros ao mar, que estava super revolto e com visibilidade muito ruim. Seu marido saltou imediatamente ao mar para resgatá-la", diz o comunicado publicado por Isabelle no Instagram.



O acidente

A embarcação com Jorge e Caroline deixou a ilha às 16h40 do dia 28 de abril com destino à Praia Pontal da Cruz, quando, devido à força dos ventos e da maré, a modelo foi lançada ao mar. Segundo relatos feitos por Jorge Sestini ao Gbmar, logo após ser resgatado, ele teria se jogado na água, mas não conseguiu salvar Caroline. O barco teria ficado à deriva e levado em direção ao alto mar.




Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.

OFERTAS

Especiais JC

Irmã Dulce e as lições que se multiplicam Irmã Dulce e as lições que se multiplicam
A Santa Dulce dos Pobres deixou um legado enorme por todo o país, e não poderia ser diferente em Pernambuco. Veja exemplos de quem segue o "anjo bom da Bahia"
Jackson era grande demais para um pandeiro Jackson era grande demais para um pandeiro
Em pouco tempo, Jackson do Pandeiro deixou claro que não se tratava apenas de uma voz a mais no cenário artístico pernambucano. Confira especial sobre o artista
Especial Novo Clima Especial Novo Clima
O inverno não é mais o mesmo. E nem o verão. Os efeitos da crise climática alteraram a rotina de milhares de cidadãos das grandes cidades. O JC traz reportagens especiais desvendando o "novo clima"

    SIGA-NOS

    LICENCIAMENTO

  • Para solicitação de licenciamento, contactar editores@ne10.com.br

Jornal do Commercio 2020 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE |

PRIVACIDADE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM