Jornal do Commercio
Notícia
SEQUESTRO

Witzel diz que sequestrador estava com isqueiro na mão 'pronto para incendiar'

Governador do Rio comemorou fim da operação com socos no ar

Publicado em 20/08/2019, às 13h59

Governador do RJ esteve na Ponte Rio-Niterói, local do sequestro, na manhã desta terça (20).  / Foto: Antonio Cruz/Agência Brasil
Governador do RJ esteve na Ponte Rio-Niterói, local do sequestro, na manhã desta terça (20).
Foto: Antonio Cruz/Agência Brasil
JC Online

Após o desfecho do sequestro de um ônibus na Ponte Rio-Niterói, na manhã desta terça-feira (20), o governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel, concedeu entrevista coletiva no Palácio Guanabara, no fim da manhã, e afirmou que Willian Augusto Nascimento, de 20 anos, “estava com um isqueiro na mão, no momento em que foi abatido, pronto para incendiar”, segundo o portal UOL. O sequestrador foi morto com um tiro disparado por um sniper da polícia.

O governador, que citou ter sentido um “forte cheiro de gasolina” ao chegar na Ponte Rio-Niterói, justificou que a necessidade de usar atiradores se deu para neutralizar “alguém que estava colocando em risco dezenas de pessoas”. 

A coletiva de imprensa contou também com a presença de Rogério Figueiredo (secretário de Polícia Militar), Maurílio Nunes (comandante do Bope), Claudio Castro (vice-governador), Marcus Vinicius Figueiredo (secretário de Polícia Civil) e Cleiton Rodrigues (secretário de Governo e Relações Internacionais). 

Witzel esteve no local do sequestro e, ao fim da operação, comemorou com socos no ar. O governador afirmou também que a solução de atirar no sequestrados não era a ideal, mas, segundo ele, a única possível para “salvar os reféns”.

Apesar de ter comemorado o fim da operação, marcado pela morte do sequestrador, o governador do RJ lamentou a morte de Willian Augusto Nascimento.  "Que Deus tenha piedade de sua alma, e vamos continuar orando para que outros não tenham vontade de cometer a mesma atrocidade", disse.



Conversa com a mãe do sequestrador 

“A mãe está muito abatida e se perguntando onde foi que errou. Vamos ajudá-la a superar esse momento difícil. Ainda temos muito trabalho a fazer para combater a violência e proteger a população”, disse Wilson Witzel. 

Bolsonaro: ‘hoje não chora a família de um inocente’

O presidente Jair Bolsonaro (PSL) usou as redes sociais para comentar o desfecho do sequestro, na manhã desta terça-feira (20). Bolsonaro parabenizou os policiais "pela ação bem sucedida" e disse ainda que 'hoje não chora a família de um inocente', lembrando que nenhum refém ficou ferido e o sequestrador foi "neutralizado".

"Parabéns aos policiais do Rio de Janeiro pela ação bem sucedida que pôs fim ao sequestro do ônibus na ponte Rio-Niterói nesta manhã. Criminoso neutralizado e nenhum refém ferido. Hoje não chora a família de um inocente", escreveu o presidente em seu perfil oficial no Twitter.

Desfecho

Após quase quatro horas, o sequestro no Rio teve o seu desfecho. De acordo com o porta-voz da Polícia Militar do Rio de Janeiro, Coronel Mauro Fliess, William Augusto Nascimento, 20 anos, morreu após ser atingido na perna por um atirador de elite. O revólver que o homem portava, de acordo com as autoridades, era de brinquedo. Nenhum dos 37 passageiros foi ferido e todos recebem cuidados médicos por procedimento de rotina.

O homem, que se identificou como policial militar para entrar no ônibus, não fez nenhuma demanda específica para liberar os reféns. Além da arma falsa, o criminoso portava gasolina e uma arma de choque. A motivação do crime não foi descoberta.


Galeria de imagens

Legenda
Anteriores
Próximas




Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.

OFERTAS

Especiais JC

Especial Nova Rotação Especial Nova Rotação
As cidades estão entrando em colapso. Refletem o resultado da mobilidade urbana convencional, um mal incorporado à sociedade e de difícil enfrentamento.Mas o momento de inverter essa lógica é agora. Criar uma nova rotação para as cidades, para as pessoas
JC Recall de Marcas 2019 JC Recall de Marcas 2019
Pitú e Vitarella são as marcas mais lembradas pelo consumidor pernambucano, de acordo com a edição 2019 do Prêmio JC Recall de Marcas. O ranking foi feito a partir de levantamento do Harrop Pesquisa para o Jornal do Commercio.
Especial Tempo de Férias Especial Tempo de Férias
O tempo das férias finalmente chegou e com ele os vários planos sobre o que fazer no período livre. O JC traz algumas dicas de como otimizar o período para voltar renovado do merecido descanso.

    SIGA-NOS

    LICENCIAMENTO

  • Para solicitação de licenciamento, contactar editores@ne10.com.br

Jornal do Commercio 2019 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE |

PRIVACIDADE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM