Jornal do Commercio
AÇÕES AMBIENTAIS

Bolsonaro deve assinar GLO para atuação de Forças Armadas na Amazônia

A intenção do presidente é mostrar que o governo não está parado

Publicado em 23/08/2019, às 16h08

O presidente grava ainda no período da tarde um pronunciamento para ir ao ar em cadeia obrigatória de rádio e TV / Foto: EVARISTO SA / AFP
O presidente grava ainda no período da tarde um pronunciamento para ir ao ar em cadeia obrigatória de rádio e TV
Foto: EVARISTO SA / AFP
Estadão Conteúdo

O presidente da República, Jair Bolsonaro, deve assinar na tarde desta sexta-feira (23) decreto de Garantia da Lei e Ordem (GLO) que permitirá o emprego das Forças Armadas para ajudar Estados da região amazônica em ações ambientais. O presidente grava ainda no período da tarde um pronunciamento para ir ao ar em cadeia obrigatória de rádio e TV, às 20 horas, quando anuncia medidas para combate incêndios florestais

A previsão é que Bolsonaro assine a autorização para o emprego de tropas do Exército em reunião que ocorre no Palácio do Planalto nesta tarde. A intenção é mostrar que o governo não está parado. 

A avaliação no Palácio do Planalto é de que existe uma campanha internacional orquestrada para atingir a imagem do País.



A mudança de tom e a reação do governo foi considerada necessária depois de declarações de chefes de Estado de pelo menos três países, França, Canadá e Alemanha, que anunciaram a intenção de discutir a questão ambiental na Amazônia em reunião do G-7.

Na reunião desta sexta, no Planalto, outras medidas deverão ser decididas além da GLO para a área ambiental. O presidente precisará da ajuda dos governadores nestas ações e, para reverter a crise que causou ao apontar "conivência" dos gestores estaduais da região, despachou interlocutores para tentar um entendimento, em busca de uma " ação nacional".




Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.

OFERTAS

Especiais JC

Irmã Dulce e as lições que se multiplicam Irmã Dulce e as lições que se multiplicam
A Santa Dulce dos Pobres deixou um legado enorme por todo o país, e não poderia ser diferente em Pernambuco. Veja exemplos de quem segue o "anjo bom da Bahia"
Jackson era grande demais para um pandeiro Jackson era grande demais para um pandeiro
Em pouco tempo, Jackson do Pandeiro deixou claro que não se tratava apenas de uma voz a mais no cenário artístico pernambucano. Confira especial sobre o artista
Especial Novo Clima Especial Novo Clima
O inverno não é mais o mesmo. E nem o verão. Os efeitos da crise climática alteraram a rotina de milhares de cidadãos das grandes cidades. O JC traz reportagens especiais desvendando o "novo clima"

    SIGA-NOS

    LICENCIAMENTO

  • Para solicitação de licenciamento, contactar editores@ne10.com.br

Jornal do Commercio 2020 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE |

PRIVACIDADE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM
'; status++; } } else { status = 0; document.getElementById("aovivo").style.display = "none"; } setTimeout(function() { aovivo(); }, 180000); })();