Jornal do Commercio
Notícia
DOENÇA

Em 90 dias, Ministério da Saúde registra mais de 2.700 casos confirmados de sarampo

Em Pernambuco, foram registrados 12 casos confirmados e um óbito

Publicado em 04/09/2019, às 15h18

Nesta quarta-feira, o Ministério da Saúde voltou a alertar sobre a necessidade da vacinação  / Foto: Marcelo Camargo/ Agência Brasil
Nesta quarta-feira, o Ministério da Saúde voltou a alertar sobre a necessidade da vacinação
Foto: Marcelo Camargo/ Agência Brasil
JC Online

Nos últimos 90 dias, o Ministério da Saúde registrou 2.753 casos confirmados de sarampo no Brasil. De acordo com dados divulgados nesta quarta-feira (4) pelo secretário de Vigilância em Saúde da pasta, Wanderson Kleber, o estado de São Paulo lidera a lista de 13 estados, com 2.708 casos confirmados. Em seguida, aparece o Rio de Janeiro, com 15, e Pernambuco fica em terceiro lugar, com 12 casos confirmados e um óbito. 

Os dados do ministério mostram ainda que, até o dia 31 de agosto, dos 20.292 casos notificados, 15.430 estão em investigação e 2.109 foram descartados. Segundo o secretário, com a aproximação de dias mais quentes, a tendência é que a transmissão do sarampo diminua."O sarampo cursa um padrão de similaridade de doença respiratória, então a tendência é que, a medida que tenhamos dias mais quentes e as pessoas abrirem as janelas, nós tenhamos uma redução da transmissão de pessoa a pessoa", explicou Kleber.

Veja a live

Veja onde se vacinar à noite no Recife 

Desde essa segunda-feira (2), oito unidades de saúde do Recife tiveram o horário de vacinação ampliado. Agora elas funcionam até as 21h. A ampliação acontece devido ao aumento pela procura da tríplice viral, que oferece proteção contra o sarampo – doença que colocou a cidade no mapa das que estão, segundo o Ministério da Saúde, em situação de surto ativo no Brasil.

Segunda-feira

Policlínicas Waldemar de Oliveira (Santo Amaro) e a Salomão Kelner (Água Fria)

Terça-feira

Policlínica Salomão Kelner (Água Fria) e a Clementino Fraga (Vasco da Gama)

Quarta-feira

Policlínica Lessa de Andrade (Madalena) e na Policlínica Agamenon Magalhães (Afogados)

Quinta-feira

Centro de Saúde Professor Sebastião Ivo Rabelo (Cohab) e o Centro de Saúde Professor Joaquim Cavalcanti (Torrões)

Sexta-feira

Policlínica Albert Sabin (Tamarineira) e a Policlínica Salomão Kelner (Água Fria)

Outras salas de vacinação

Para se vacinar contra o sarampo, além das unidades que estão com horário ampliado, as salas de vacinação nos postos de saúde do Recife podem ser procuradas por qualquer cidadão. Elas funcionam de segunda a sexta, das 8h às 17h, fechando uma hora para almoço.

Quem está apresentando sintomas do sarampo não deve se vacinar. O recomendado, nesse caso, é que a pessoa procure o Hospital Universitário Oswaldo Cruz (Huoc), no bairro de Santo Amaro, área central do Recife. O Huoc é referência no tratamento da doença.



Primeira morte por sarampo 

A Secretaria Estadual de Saúde (SES) informou, nessa segunda-feira (2), que foi confirmada a primeira morte por sarampo em Pernambuco. De acordo com a secretaria, o número de casos confirmados subiu para 13 (12 + 1 óbito) e que, até a última sexta-feira (30), 395 casos suspeitos foram notificados. Desse total, 86 foram descartados e 296 estão em investigação.

A primeira morte confirmada é de um bebê de sete meses em Taquaritinga do Norte. Do total de casos confirmados, três pessoas são moradoras do Recife, três de Caruaru, no Agreste de Pernambuco, uma de Frei Miguelinho, também no Agreste, uma de Santa Cruz do Capibaribe e cinco de Taquaritinga do Norte (incluindo o bebê de sete meses). Ambos os municípios localizados também no Agreste do Estado. Entre os casos de Taquaritinga do Norte, foi confirmado o óbito de uma criança de sete meses.

Suspeitas de sarampo

A SES alerta para que toda pessoa que apresentar febre e manchas avermelhadas que começam na cabeça e descem para o restante do corpo, acompanhadas de um ou mais dos seguintes sintomas: tosse e/ou coriza e/ou conjuntivite, independentemente da idade e situação vacinal; ou todo indivíduo suspeito com história de viagem para locais com circulação do vírus do sarampo, nos últimos 30 dias, ou de contato, no mesmo período, com alguém que viajou para local com circulação viral no Brasil ou no mundo, deve procurar um posto de saúde mais próximo.

Imunização

Crianças entre 6 meses e 11 meses devem tomar uma dose da tríplice viral. Importante ressaltar que essas crianças precisarão seguir o esquema normal de imunização a partir dos 12 meses.

- Indivíduos de 1 ano a 29 anos de idade: 2 doses de tríplice viral;

- Indivíduos de 30 a 49 anos de idade não vacinados: 1 dose de tríplice viral;

- Profissionais de saúde não vacinados: 2 doses com a vacina tríplice viral independente da idade, com intervalo mínimo de 30 dias entre elas.

Saiba como o sarampo é transmitido




Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.

OFERTAS

Especiais JC

Especial Nova Rotação Especial Nova Rotação
As cidades estão entrando em colapso. Refletem o resultado da mobilidade urbana convencional, um mal incorporado à sociedade e de difícil enfrentamento.Mas o momento de inverter essa lógica é agora. Criar uma nova rotação para as cidades, para as pessoas
JC Recall de Marcas 2019 JC Recall de Marcas 2019
Pitú e Vitarella são as marcas mais lembradas pelo consumidor pernambucano, de acordo com a edição 2019 do Prêmio JC Recall de Marcas. O ranking foi feito a partir de levantamento do Harrop Pesquisa para o Jornal do Commercio.
Especial Tempo de Férias Especial Tempo de Férias
O tempo das férias finalmente chegou e com ele os vários planos sobre o que fazer no período livre. O JC traz algumas dicas de como otimizar o período para voltar renovado do merecido descanso.

    SIGA-NOS

    LICENCIAMENTO

  • Para solicitação de licenciamento, contactar editores@ne10.com.br

Jornal do Commercio 2019 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE |

PRIVACIDADE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM