Jornal do Commercio
Eleições nos EUA

Pressionada por Sanders, presidente do Partido Democrata americano renuncia

Na noite de sexta-feira (22), o site Wikileaks publicou cerca de 20.000 mensagens internas do Partido Democrata revelando uma possível tentativa de desestabilização de Bernie Sanders durante as primárias para a Casa Branca

Publicado em 24/07/2016, às 18h25

Segundo documentos publicados pelo site WikiLeaks, a presidente do Partido Democrata Debbie Wasserman Schultz teria trabalhado contra a candidatura de Bernie Sanders à presidência / ALEX WONG / GETTY IMAGES NORTH AMERICA / AFP
Segundo documentos publicados pelo site WikiLeaks, a presidente do Partido Democrata Debbie Wasserman Schultz teria trabalhado contra a candidatura de Bernie Sanders à presidência
ALEX WONG / GETTY IMAGES NORTH AMERICA / AFP
AFP

A presidente do Partido Democrata americano, Debbie Wasserman Schultz, anunciou neste domingo (24) que renunciará a seu cargo no final da convenção de indicação de Hillary Clinton, que começa nesta segunda-feira na Filadélfia.

"A melhor forma para mim de cumprir esses objetivos é renunciar a meu posto de presidente do partido ao fim da convenção", referindo-se à campanha eleitoral dos próximos meses.

Na noite de sexta-feira, o site Wikileaks publicou cerca de 20.000 mensagens internas do Partido Democrata revelando uma possível tentativa de desestabilização de Bernie Sanders durante as primárias para a Casa Branca.



A congressista da Flórida já era questionada há meses por Sanders e seus partidários, que a acusavam de parcialidade e pediam sua renuncia para unificar o partido.

Ela deverá presidir os trabalhos durante a grande cerimônia democrata, mas confirmou que somente abrirá e fechará a convenção. Pronunciará igualmente um discurso diante dos mais de 4.700 delegados democratas que participarão do evento.

Sua renúncia deverá satisfazer o campo de Sanders e poderá acalmar os ânimos, antes do discurso do senador de Vermont, previsto para a noite de segunda-feira.





Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.

OFERTAS

Especiais JC

Especial Tempo de Férias Especial Tempo de Férias
O tempo das férias finalmente chegou e com ele os vários planos sobre o que fazer no período livre. O JC traz algumas dicas de como otimizar o período para voltar renovado do merecido descanso.
Copa América no Brasil Copa América no Brasil
Confira a relação da Copa América com o Brasil, o histórico e detalhes da edição deste ano, na qual a seleção terá que se virar sem Neymar, cortado do torneio. Catar e Japão participam como convidados
O nome dele era Gabriel Diniz O nome dele era Gabriel Diniz
José Gabriel de Souza Diniz, o Gabriel Diniz, ou simplesmente GD como os fãs o chamavam, morreu precocemente, aos 28 anos, em um acidente com um pequeno avião no litoral sul de Sergipe ocorrido na segunda-feira, 27 de maio de 2019.

    SIGA-NOS

    LICENCIAMENTO

  • Para solicitação de licenciamento, contactar editores@ne10.com.br

Jornal do Commercio 2019 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE |

PRIVACIDADE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM