Jornal do Commercio
ELEIÇÕES TCHECAS

República Tcheca: Segundo turno terá candidatos pró-Rússia e pró-Europa

Candidato pró-Europa disse que espera obter "os votos dos que não votaram em Milos Zeman", candidato pró-Rússia, no primeiro turno

Publicado em 13/01/2018, às 17h50

Candidato pró-Rússia, Milos Zeman, liderou o primeiro turno com 38,56% / Foto: Mat?j Stránský / RESPEKT MAGAZINE / AFP
Candidato pró-Rússia, Milos Zeman, liderou o primeiro turno com 38,56%
Foto: Mat?j Stránský / RESPEKT MAGAZINE / AFP
AFP

O atual presidente tcheco, o pró-Rússia Milos Zeman, venceu neste sábado (13) o primeiro turno das eleições para chefe de Estado, e enfrentará no segundo turno, nos próximos dias 26 e 27, o rival pró-Europa, Jiri Drahos.

Zeman obteve 38,56% dos votos no primeiro turno, realizado ao longo de dois dias, enquanto Drahos ficou com 26,60%, segundo o escritório de estatísticas tcheco.



Apesar da diferença, o analista político Jiri Pehe prevê "uma disputa acirrada". Segundo uma pesquisa, Drahos, 68, criticado por sua falta de experiência política, poderia vencer no segundo turno.

"Milos Zeman terá um problema enorme. Está claro que os outros candidatos votarão em Drahos no segundo turno", estimou Pehe.

O pró-Europa disse que espera obter "os votos dos que não votaram em Milos Zeman" no primeiro turno.

Apoio

Zeman tem o apoio dos setores rurais e dos trabalhadores manuais, enquanto Drahos é o preferido dos setores intelectuais urbanos.

Segundo estimativas da agência CTK, o índice de participação no primeiro turno foi de 60%, resultado semelhante ao da eleição presidencial de 2013, a primeira por voto universal direto.


Recomendados para você




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

BRT: E agora? BRT: E agora?
Ele está ferido, sofrido. Esquecido. E sem perspectivas de melhoria. Tem sobrevivido como é possível e, apenas pontualmente, esboça reações positivas. O sistema BRT, Bus Rapid Transit, tem sofrido de inanição em todo o País. E poderá se perder.
Especial educação Especial educação
E se você descobrisse que o futuro ligado às tendências que irão norteá-lo já chegou? O mundo hoje é um mar de oportunidades, para conhecimento, informação e inovação. Cada vez mais o profissional precisa evoluir. Por isso veja o caminho a seguir
A revolução da ciclomobilidade: o exemplo de Fortaleza A revolução da ciclomobilidade: o exemplo de Fortaleza
A capital cearense, diferentemente da pernambucana – embora nordestina também – deu um salto na infraestrutura viária voltada para as bicicletas. A cidade está repleta de ciclofaixas. Por toda parte. E a grande maioria conectada

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2018 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM