Jornal do Commercio
Tragédia

Acidente aéreo em Moscou pode ter sido causado por gelo em medidor de velocidade

Investigadores especularam essa causa após a análise de uma caixa-preta da aeronave

Publicado em 13/02/2018, às 12h11

Acidente ocorreu nas proximidades de Moscou no último domingo e deixou 71 mortos / Foto: AFP
Acidente ocorreu nas proximidades de Moscou no último domingo e deixou 71 mortos
Foto: AFP
AFP

A queda de um avião Antonov de uma companhia russa, que provocou 71 mortos no domingo perto de Moscou, foi aparentemente causada pela formação de gelo nas sondas medidoras de velocidade, indicaram nesta terça-feira os investigadores após a análise de uma caixa-preta da aeronave.



Comunicado

"O acidente pode ser explicado pelos dados incorretos sobre a velocidade recebidos pelos pilotos, que aparentemente se deveu à formação de gelo nas sondas, cujo sistema de aquecimento estava desligado", indicou em um comunicado o Comitê Intergovernamental da Aviação (MAK), organismo encarregado de investigar os acidentes aéreos.





Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Vida fit todo dia Vida fit todo dia
Apesar de a abertura do Verão no Brasil só acontecer em dezembro, no Nordeste há uma antecipação da data. Por esse motivo, que tal aproveitar esses meses de energia para cultivar bons hábitos e mudar o estilo de vida? Veja várias dicas de como se cuidar
BRT: E agora? BRT: E agora?
Ele está ferido, sofrido. Esquecido. E sem perspectivas de melhoria. Tem sobrevivido como é possível e, apenas pontualmente, esboça reações positivas. O sistema BRT, Bus Rapid Transit, tem sofrido de inanição em todo o País. E poderá se perder.
Especial educação Especial educação
E se você descobrisse que o futuro ligado às tendências que irão norteá-lo já chegou? O mundo hoje é um mar de oportunidades, para conhecimento, informação e inovação. Cada vez mais o profissional precisa evoluir. Por isso veja o caminho a seguir

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2018 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM