Jornal do Commercio
BOLÍVIA

Ex-presidente boliviano será julgado na Flórida por massacre de 2003

O ex-presidente Gonzalo Sánchez de Lozada estaria envolvido na morte de cerca de 50 bolivianos em 2003

Publicado em 21/02/2018, às 15h58

"O ex-presidente e seu ministro agora terão que ouvir enquanto testificamos sobre o que aconteceu", declarou Teófilo Baltazar Cerro, membro da comunidade indígena aymara
Foto: AFP
AFP

O ex-presidente boliviano Gonzalo Sánchez de Lozada será julgado na Flórida, no sudeste dos Estados Unidos, por seu suposto papel no massacre de mais de 50 bolivianos durante uma onda de distúrbios em 2003, indicam documentos judiciais.

O julgamento de Sánchez de Lozada e de seu ministro da Defesa, José Carlos Sánchez Berzaín, pelo chamado "massacre de outubro" começará no dia 5 de março no tribunal federal de Fort Lauderdale, no norte de Miami, e durará duas semanas.

"O ex-presidente e seu ministro agora terão que ouvir enquanto testificamos sobre o que aconteceu", declarou Teófilo Baltazar Cerro, membro da comunidade indígena aymara que liderou os protestos contra as polêmicas políticas do então presidente.



"Estamos ansiosos por esta oportunidade histórica", acrescentou, citado pelo Centro de Direitos Constitucionais, que representa nove queixosos.

Membro do Movimento Nacional Revolucionário (MNR), Sánchez de Lozada, de 87 anos, fugiu da Bolívia para os Estados Unidos em 2003, quando renunciou ao seu segundo mandato em meio a revoltas populares e foi sucedido por seu vice-presidente, Carlos Mesa.

De acordo com uma declaração da organização do denunciante com sede em Nova York e datada de terça-feira, é "a primeira vez que um ex-chefe de Estado se sentará diante de seus acusadores em um julgamento civil de direitos humanos em um tribunal nos Estados Unidos".

Os protestos de 2003 foram liderados pelo produtor de coca Evo Morales, que mais tarde se tornaria presidente.


Palavras-chave




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Segunda chance - Caminhos para ressocializar Segunda chance - Caminhos para ressocializar
Eles saem das prisões, mas as prisões não saem deles. Perseguem-nos até o final de suas vidas. Como uma condenação perpétua. Pena. Eles lamentam. Mas precisam seguir. E neste difícil caminho da ressocialização, o trabalho é uma espécie de absolvição.
Papai Noel o ano inteiro Papai Noel o ano inteiro
As luzes na cidade anunciam que o Natal já chegou. É nesta época do ano que o espírito natalino faz aflorar alguns dos sentimentos mais nobres. Agora iremos contar histórias de pessoas, organizações e empresas que fizeram da solidariedade missão de vida
Vida fit todo dia Vida fit todo dia
Apesar de a abertura do Verão no Brasil só acontecer em dezembro, no Nordeste há uma antecipação da data. Por esse motivo, que tal aproveitar esses meses de energia para cultivar bons hábitos e mudar o estilo de vida? Veja várias dicas de como se cuidar

    SIGA-NOS

    LICENCIAMENTO

  • Para solicitação de licenciamento, contactar editores@ne10.com.br

Jornal do Commercio 2019 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE |

PRIVACIDADE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM