Jornal do Commercio
Venezuela

Oposição venezuelana pede para ONU não endossar 'fraude' eleitoral

A manifestação aconteceu após Nicolás Maduro solicitar à ONU o envio de uma missão de observação eleitoral

Publicado em 12/03/2018, às 19h56

A manifestação aconteceu na sede do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (Pnud) / Foto: Luis Robayo
A manifestação aconteceu na sede do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (Pnud)
Foto: Luis Robayo
AFP

A oposição venezuelana voltou às ruas nesta segunda-feira (12) com uma pequena aglomeração em Caracas que pediu para a ONU se abster de enviar observadores eleitorais às presidenciais de 20 de maio, por considerá-las fraudulentas. 

"O que foi convocado (...) é uma fraude, e não uma verdadeira eleição livre. Um processo no qual não se cumprem os princípios ditados pela lei não é válido", disse à imprensa Sergio Sánchez, dissidente do chavismo e membro do opositor Frente Ampla Venezuela Livre.

Cerca de 200 integrantes desse coletivo - que agrupa os partidos da coalizão Mesa da Unidade Democrática (MUD) e organizações civis - entregaram um documento dirigido ao secretário-geral da ONU, António Guterres, rejeitando o pleito.



A manifestação aconteceu na sede do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (Pnud).

Segundo o documento, a solicitação do presidente Nicolás Maduro à ONU para que envie uma missão de observação eleitoral busca apenas "dar um toque de legitimidade" a um processo "rechaçado pela comunidade nacional e internacional". 

Maduro, que buscará ser reeleito até 2025, vai concorrer com o ex-governador opositor Henri Falcón (chavista dissidente), que planeja viajar a Nova York para solicitar a Guterres o envio de observadores.


Palavras-chave




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Papai Noel o ano inteiro Papai Noel o ano inteiro
As luzes na cidade anunciam que o Natal já chegou. É nesta época do ano que o espírito natalino faz aflorar alguns dos sentimentos mais nobres. Agora iremos contar histórias de pessoas, organizações e empresas que fizeram da solidariedade missão de vida
Vida fit todo dia Vida fit todo dia
Apesar de a abertura do Verão no Brasil só acontecer em dezembro, no Nordeste há uma antecipação da data. Por esse motivo, que tal aproveitar esses meses de energia para cultivar bons hábitos e mudar o estilo de vida? Veja várias dicas de como se cuidar
BRT: E agora? BRT: E agora?
Ele está ferido, sofrido. Esquecido. E sem perspectivas de melhoria. Tem sobrevivido como é possível e, apenas pontualmente, esboça reações positivas. O sistema BRT, Bus Rapid Transit, tem sofrido de inanição em todo o País. E poderá se perder.

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2018 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM