Jornal do Commercio
Tensão diplomática

Relações com EUA já atingiram mínimo possível, diz Moscou

'De qualquer modo, persiste a esperança de uma abordagem construtiva sobre as relações bilaterais', afirmou o representante de Moscou

Publicado em 14/03/2018, às 08h14

Trump demitiu secretário de Estado, Rex Tillerson / Foto: AFP
Trump demitiu secretário de Estado, Rex Tillerson
Foto: AFP
AFP

As relações entre Rússia e Estados Unidos não podem piorar ainda mais depois da demissão do secretário de Estado Rex Tillerson, substituído por Mike Pompeo - declarou Moscou, que manifestou o desejo de uma abordagem "construtiva" com Washington.

"Dificilmente se pode cair mais baixo do que o chão, por isso, nesse aspecto, é difícil temer uma degradação" das relações bilaterais, disse à imprensa o porta-voz do Kremlin, Dmitri Peskov.



Luz no fim do túnel

"De qualquer modo, persiste a esperança de uma abordagem construtiva sobre as relações bilaterais. Sempre há esperança", acrescentou.

O presidente americano, Donald Trump, demitiu Tillerson na terça-feira. Ambos tinham relações conhecidamente difíceis.

Em um breve discurso de despedida ontem, o agora ex-secretário advertiu sobre o "comportamento e as ações preocupantes do governo russo".


Palavras-chave

Recomendados para você




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Cantos e Recantos Cantos e Recantos
A temporada de sol está nos espreitando, e a Praia de Boa Viagem é sempre uma opção de passeio. Mas que tal ousar um pouquinho na quilometragem e desbravar outros destinos? Pernambuco tem muitos lugares fantásticos e você vai adorar o roteiro que o JC fe
As Paixões de José Pimentel, o eterno Jesus As Paixões de José Pimentel, o eterno Jesus
O JC preparou um hotsite especial em homenagem ao ator e diretor Jose Pimentel, o eterno Jesus Cristo do teatro pernambucano
Nordeste Renovável Nordeste Renovável
Com a força dos ventos e a incidência solar, o Nordeste desponta como oásis. Não só para o turismo, nem apenas no Litoral. Na geração de energia sustentável está a nova fonte de riqueza da Região, principalmente no interior

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2018 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM