Jornal do Commercio
Vestuário real

Entenda por que a rainha Elizabeth II só usa cores vibrantes

Segundo Sophie, a condessa de Wessex, nora da rainha da Inglaterra Elizabeth II, ela usa cores vibrantes para ser vista

Publicado em 01/07/2018, às 17h56

"Não posso usar bege, se não ninguém vai saber quem eu sou", disse a própria rainha a Robert Hardman, seu biógrafo
Foto: DANIEL LEAL-OLIVAS / AFP
Estadão Conteúdo

A rainha Elizabeth II tem um estilo muito peculiar: ela costuma usar sempre um casaco colorido, combinando com o chapéu, e sapatos pretos. Não importa a ocasião. Mas a escolha das vestes vai muito além do gosto pessoal da monarca. Segundo Sophie, a condessa de Wessex, nora de Elizabeth, ela usa cores vibrantes para ser vista.



"Ela precisa se destacar para as pessoas poderem dizer 'eu vi a rainha'", explica ela no documentário The Queen at 90. "Não se esqueça que, quando ela vai à algum lugar, as multidões são enormes, e as pessoas querem poder contar que viram pelo menos um pedaço dela."

Bege

"Não posso usar bege, se não ninguém vai saber quem eu sou", disse a própria rainha a Robert Hardman, seu biógrafo.


Palavras-chave




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Vida fit todo dia Vida fit todo dia
Apesar de a abertura do Verão no Brasil só acontecer em dezembro, no Nordeste há uma antecipação da data. Por esse motivo, que tal aproveitar esses meses de energia para cultivar bons hábitos e mudar o estilo de vida? Veja várias dicas de como se cuidar
BRT: E agora? BRT: E agora?
Ele está ferido, sofrido. Esquecido. E sem perspectivas de melhoria. Tem sobrevivido como é possível e, apenas pontualmente, esboça reações positivas. O sistema BRT, Bus Rapid Transit, tem sofrido de inanição em todo o País. E poderá se perder.
Especial educação Especial educação
E se você descobrisse que o futuro ligado às tendências que irão norteá-lo já chegou? O mundo hoje é um mar de oportunidades, para conhecimento, informação e inovação. Cada vez mais o profissional precisa evoluir. Por isso veja o caminho a seguir

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2018 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM