Jornal do Commercio
POLÊMICA

'Lula é preso da ditadura', diz integrante da Constituinte venezuelana

A Assembleia Constituinte da Venezuela repudiou o ''sequestro judicial'' do ex-presidente Lula, preso por corrupção

Publicado em 10/07/2018, às 20h54

Lula, de 72 anos, permanece preso, cumprindo uma pena de 12 anos e um mês por corrupção / Foto: Juca Varella/ Agência Brasil
Lula, de 72 anos, permanece preso, cumprindo uma pena de 12 anos e um mês por corrupção
Foto: Juca Varella/ Agência Brasil
AFP

A Assembleia Constituinte da Venezuela, que governa o país com poderes absolutos, aprovou nesta terça-feira (10) um acordo em "repúdio ao sequestro judicial" do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, preso por corrupção. 

"Aprovado o acordo em repúdio ao sequestro judicial de Lula (...). Lula da Silva é um preso da ditadura de Michel Temer para impedir que ele chegue à presidência (nas eleições de outubro)", expressou a constituinte Tania Díaz, vice-presidente da Assembleia. 

Díaz disse que não foi comprovado que Lula tenha cometido qualquer crime e afirmou que se em meados de setembro não tiver sido ditada uma "sentença firme" contra o ex-presidente, ele poderá ser candidato à presidência. 

"Tudo indica que poderia ser reeleito", afirmou a constituinte, recebendo aplausos dos colegas. 

Constituinte é considerada ilegal

A Constituinte, integrada exclusivamente por legisladores aliados ao presidente venezuelano, Nicolás Maduro, é considerada ilegítima pela oposição e por vários governos da região. 



Lula, de 72 anos, permanece preso, cumprindo uma pena de 12 anos e um mês por corrupção. Foi condenado por ser o beneficiário de um tríplex no Guarujá, litoral paulista, oferecido pela construtora OAS, em troca de mediações para obter contratos na Petrobras.

O ex-presidente nega que o apartamento seja dele e se considera vítima de um complô das elites para evitar que volte à presidência.

Lula lidera as intenções de voto para as presidenciais, mas sua candidatura tem grandes chances de ser invalidada pela justiça eleitoral.


Palavras-chave

Recomendados para você


Comentários

Por SEVERINO,10/07/2018

ESSES COMPARSAS ESTÃO SENTINDO A FALTA DO DINHEIRO DO POVO BRASILEIRO, QUE A SUPER QUADRILHA DO PT MANDAVAM PARA ELES.

Por Nascimento,10/07/2018

KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK



Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Vidas Compartilhadas Vidas Compartilhadas
O JC apresenta o mundo da doação e dos transplantes de órgãos pelas vozes de pessoas que ensinam, mesmo diante das adversidades, a recomeçar a vida quantas vezes for preciso.
JC RECALL DE MARCAS PREMIA AS MAIS LEMBRADAS DO ANO JC RECALL DE MARCAS PREMIA AS MAIS LEMBRADAS DO ANO
Pitú, Vitarela (macarrão) e Honda (motos) foram as três marcas mais lembradas pelo público pernambucano, segundo pesquisa realizada pelo Instituto Harrop em parceria com o Sistema Jornal do Commercio de Comunicação (SJCC)
JC no Mundial JC no Mundial
Em meio a um cenário conturbado na política internacional, a Rússia espera ser o grande centro das atenções neste mês de junho, quando irá sediar pela primeira vez em sua história uma Copa do Mundo de futebol. Aqui você confire tudo sobre o Mundial.

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2018 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM