Jornal do Commercio
REUNIÃO

UE se reúne na Áustria para debater a imigração

O bloco, agora comandado sob presidência austríaca, defende opções radicais para o tema da imigração

Publicado em 12/07/2018, às 06h56

Líderes discutem a crise migratória nesta quinta-feira (12) / Foto: ALEX HALADA / AFP
Líderes discutem a crise migratória nesta quinta-feira (12)
Foto: ALEX HALADA / AFP
AFP

Os ministros do Interior da União Europeia (UE) devem examinar nesta quinta-feira (12), na Áustria, novos projetos para impedir a chegada de migrantes a suas costas, na primeira reunião do bloco sob a presidência austríaca, que defende opções radicais para o tema.

Reunidos em Innsbruck, os ministros devem detalhar a ideia, ainda vaga mas polêmica, das "plataformas de desembarque" na África para receber os migrantes resgatados no Mediterrâneo, ideia apresentada em um encontro de cúpula celebrado no fim de junho em Bruxelas.

As chegadas de migrantes registraram uma queda drástica desde 2015, mas o tema imigração provoca tensão dentro e entre os Estados membros da UE.

O ministro austríaco de extrema-direita Herbert Kickl (FPÖ, partido que integra a coalizão de governo com os conservadores em Viena) receberá nesta quinta-feira o colega italiano Matteo Salvini, também de extrema-direita e que defende uma postura inflexível na questão.



Salvini, líder do partido Liga, proibiu que os barcos das ONGs que socorrem os migrantes no Mediterrâneo entrem nos portos italianos. Ele deve pedir aos sócios europeus que não enviem aos portos italianos navios atualmente em missão internacional.

Horst Seehofer, líder do partido bávaro conservador CSU, que desafiou a autoridade da chanceler alemã Angela Merkel sobre a imigração, também comparecerá à reunião de Innsbruck, considerada "informal" e sem a previsão de anunciar qualquer decisão.

O ministro alemão suspendeu provisoriamente a ameaça de rejeitar unilateralmente os migrantes na fronteira com a Áustria, o que poderia provocar um efeito dominó fatal no espaço Schengen.


Palavras-chave




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

JC 100 anos JC 100 anos
Para marcar os 100 anos de fundação, o JC publica este especial com um panorama do que se passou neste período em que o jornal retratou o mundo, com projeções de especialistas sobre o que vem por aí e com os bastidores da Redação do Jornal do Commercio
Sozinha nasce uma mãe Sozinha nasce uma mãe
Uma palavra se repete na vida dela: sozinha. Porque estava sozinha na gravidez. Sozinha na hora do parto. Sozinha nas primeiras noites de choro. Sozinha nos primeiros passos. Sozinha no registro civil. O JC conta histórias de luta das mães sozinhas
Segunda chance - Caminhos para ressocializar Segunda chance - Caminhos para ressocializar
Eles saem das prisões, mas as prisões não saem deles. Perseguem-nos até o final de suas vidas. Como uma condenação perpétua. Pena. Eles lamentam. Mas precisam seguir. E neste difícil caminho da ressocialização, o trabalho é uma espécie de absolvição.

    SIGA-NOS

    LICENCIAMENTO

  • Para solicitação de licenciamento, contactar editores@ne10.com.br

Jornal do Commercio 2019 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE |

PRIVACIDADE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM