Jornal do Commercio
Raynéia Gabrielle

Perfil de detido por matar pernambucana na Nicarágua levanta dúvidas

De acordo com jornal local, suspeito é ligado ao partido do presidente Daniel Ortega

Publicado em 28/07/2018, às 22h01

Raynéia Gabrielle foi assassinada na última segunda-feira (23). / Foto: Facebook/Reprodução
Raynéia Gabrielle foi assassinada na última segunda-feira (23).
Foto: Facebook/Reprodução
JC Online

O portal da Folha de São Paulo publicou neste sábado (28) uma investigação do jornal digital nicaraguense Confidencial. De acordo com a publicação, Pierson Gutiérrez Solís, apontado como suposto autor dos disparos que mataram a estudante pernambucana Raynéia Gabrielle Lima, de 31 anos, na última segunda-feira (23), levanta dúvidas a respeito da versão divulgada pelas autoridades locais de que ela teria sido vítima da açao de um guarda particular.

Segundo o períodico, Solís, de 42 anos, é militante da Frente Sandinista de Libertação Nacional, à qual pertence o presidente o presidente Daniel Ortega, e serviu no Exército até se desligar no ano de 2009.

Ele trabalha como segurança da Albanisa, uma parceira do governo com a petroleira estatal venezuelana PDVSA. A sede fica a aproximadamente 500 metros do local onde Raynéia teria sido alvejada, segundo testemunhas.



Entretanto, ainda não se sabe se Solís estava a serviço naquele dia por volta das 23h30, horário estimado do crime.

Também há dúvidas sobre a arma que a polícia diz ter encontrada com o suposto autor: uma carabina M4. De acordo com a lei local, vigilantes privados não podem ter acesso à esse armamento, de uso exclusivo da polícia. De acordo com a Folha, há relatos de que grupos paramilitares, sobre os quais recai a suspeita pelo crime, também o utilizam.

MAIS ESCLARECIMENTOS

Ainda segundo a Folha, na última sexta-feira (27), o chanceler brasileiro, Aloysio Nunes, cobrou da Nicarágua, mais explicações sobre o crime.



Comentários

Por Wilson Rodrigues da Luz,29/07/2018

Muitos políticos, que são adversários de Lula e alguns, que não tiveram vez no governo de Lula, querem culpar o LULA por tudo que acontece no Brasil. A maioria tem medo de LULA, pois, se LULA sair candidato, ganha no primeiro turno por maioria absoluta. Deixe LULA sair candidato e vejam o resultado. O LULA é considerado um Estadista Brasileiro, só não ver quem não quer.

Por Luiz Jose da Silva,29/07/2018

Com certeza isso é uma armação,e o assassino é um integrante desse regime corrupto.

Por Claudio Portela Mendonça,29/07/2018

Nicarágua ,Cuba, Venezuela e Bolívia são amiguinhos íntimos do lula molusco e não sofrem/sofreram qualquer reação contra seus atos genocidas/ditadores/terroristas.É um país desse tipo(mais um) que o pt quer implantar na américa do sul, vide Brasil.LULA PRESO! BRASIL LIVRE !



Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Papai Noel o ano inteiro Papai Noel o ano inteiro
As luzes na cidade anunciam que o Natal já chegou. É nesta época do ano que o espírito natalino faz aflorar alguns dos sentimentos mais nobres. Agora iremos contar histórias de pessoas, organizações e empresas que fizeram da solidariedade missão de vida
Vida fit todo dia Vida fit todo dia
Apesar de a abertura do Verão no Brasil só acontecer em dezembro, no Nordeste há uma antecipação da data. Por esse motivo, que tal aproveitar esses meses de energia para cultivar bons hábitos e mudar o estilo de vida? Veja várias dicas de como se cuidar
BRT: E agora? BRT: E agora?
Ele está ferido, sofrido. Esquecido. E sem perspectivas de melhoria. Tem sobrevivido como é possível e, apenas pontualmente, esboça reações positivas. O sistema BRT, Bus Rapid Transit, tem sofrido de inanição em todo o País. E poderá se perder.

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2018 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM