Jornal do Commercio
25 MILHÕES

Governo Trump corta financiamento para hospitais palestinos

O presidente Donald Trump ordenou o fim de um auxílio de 25 milhões de dólares a hospitais palestinos

Publicado em 14/09/2018, às 16h52

"O presidente ordenou uma revisão da ajuda americana à Autoridade Palestina na Cisjordânia e em Gaza" disse funcionário
Foto: AFP
AFP

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, ordenou o fim de um auxílio de 25 milhões de dólares para hospitais palestinos em Jerusalém - uma medida que foi classificada como uma "chantagem política" por setores palestinos.

"O presidente ordenou uma revisão da ajuda americana à Autoridade Palestina na Cisjordânia e em Gaza, para assegurar que esses fundos sejam gastos de acordo com os interesses nacionais", disse um funcionário do Departamento de Estado à AFP. 

Como resultado, "nós vamos redirecionar quase US$ 25 milhões inicialmente planejados para a rede hospitalar em Jerusalém Oriental, que irão para projetos prioritários em outros lugares", acrescentou a fonte.

A Organização para a Libertação da Palestina (OLP) reagiu rapidamente, denunciando uma "chantagem política" com uma medida "desumana e imoral".



"Ao eliminar verbas vitais para hospitais em Jerusalém, como o Hospital Augusta Vitória e o hospital de oftalmologia Saint Jean, o governo americano ameaça causar instabilidade e sérios danos a milhares de pacientes palestinos", disse Hanane Achraoui, da OLP. 

"Decisão vergonhosa"

Enquanto isso, do escritório do primeiro-ministro palestino, eles denunciaram a ação como "uma decisão vergonhosa". 

O governo dos EUA anunciou que vai parar de financiar a agência da ONU para refugiados palestinos (Unrwa), uma semana depois de ter eliminado mais de 200 milhões de dólares em ajuda aos palestinos.


Palavras-chave




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

JC 100 anos JC 100 anos
Para marcar os 100 anos de fundação, o JC publica este especial com um panorama do que se passou neste período em que o jornal retratou o mundo, com projeções de especialistas sobre o que vem por aí e com os bastidores da Redação do Jornal do Commercio
Sozinha nasce uma mãe Sozinha nasce uma mãe
Uma palavra se repete na vida dela: sozinha. Porque estava sozinha na gravidez. Sozinha na hora do parto. Sozinha nas primeiras noites de choro. Sozinha nos primeiros passos. Sozinha no registro civil. O JC conta histórias de luta das mães sozinhas
Segunda chance - Caminhos para ressocializar Segunda chance - Caminhos para ressocializar
Eles saem das prisões, mas as prisões não saem deles. Perseguem-nos até o final de suas vidas. Como uma condenação perpétua. Pena. Eles lamentam. Mas precisam seguir. E neste difícil caminho da ressocialização, o trabalho é uma espécie de absolvição.

    SIGA-NOS

    LICENCIAMENTO

  • Para solicitação de licenciamento, contactar editores@ne10.com.br

Jornal do Commercio 2019 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE |

PRIVACIDADE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM