Jornal do Commercio
Maconha

Uruguai vendeu 1,2 tonelada de maconha desde julho de 2017

As farmácias uruguaias venderam mais de 1.200 quilos de maconha desde que foi liberada a comercialização da droga

Publicado em 14/09/2018, às 20h12

A maconha estatal é produzida a cerca de 50 km a oeste de Montevidéu, em terras do estado e sob forte vigilância / Foto: AFP
A maconha estatal é produzida a cerca de 50 km a oeste de Montevidéu, em terras do estado e sob forte vigilância
Foto: AFP
AFP

As farmácias uruguaias venderam mais de 1.200 quilos de maconha desde que foi liberada a comercialização da droga, em julho do ano passado, assinalou nesta sexta-feira (14) um relatório oficial.

A partir de 19 de julho de 2017, quando entrou em vigor a lei aprovada em 2013 que regularizou a venda de maconha, até o dia 5 de agosto passado "se realizaram 248.945 transações com envelopes de cannabis de 5 gramas, totalizando 1.244.725 gramas vendidas", destaca o Instituto de Regulação e Controle de Cannabis (Ircca).



Venda

O Uruguai implementou um inédito mecanismo que permite aos consumidores registrados comprar até 40 gramas mensal de maconha, vendidos em envelopes de 5 gramas ao preço de 1,4 dólar a grama.

O mecanismo, único no mundo e que visa a combater o tráfico de maconha, começou com menos de 5 mil  inscritos para comprar a droga e hoje tem 27.500, segundo dados atualizados pelo Ircca.

A maconha estatal é produzida a cerca de 50 km a oeste de Montevidéu, em terras do estado e sob forte vigilância.


Palavras-chave


Comentários

Por ALEXSANDRO GOMES DIAS,15/09/2018

VAMOS FAZER ANALISE SIMPLES SER AQUI EM NOSSO PAIS FOSSE LIBERADO QUANTO DARIA DE IMPOSTO EMPREGO SEM FALAR QUER AS CELAS NAS CADEIAS IA TER REDUÇÃO DE PESSOAS POR TRÁFICO DE DROGAS ISSO 60 % PRESOS ESTÃO POR TRÁFICO .EU NUNCA USEI MACONHA POREM SÓ A FAVOR USO DELA LIVRE COMERCIO POREM OUTROS TIPOS DE DROGAS PEDRA CRAKK .HEROÍNA SERIA DROGAS PROIBIDAS .



Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

JC 100 anos JC 100 anos
Para marcar os 100 anos de fundação, o JC publica este especial com um panorama do que se passou neste período em que o jornal retratou o mundo, com projeções de especialistas sobre o que vem por aí e com os bastidores da Redação do Jornal do Commercio
Sozinha nasce uma mãe Sozinha nasce uma mãe
Uma palavra se repete na vida dela: sozinha. Porque estava sozinha na gravidez. Sozinha na hora do parto. Sozinha nas primeiras noites de choro. Sozinha nos primeiros passos. Sozinha no registro civil. O JC conta histórias de luta das mães sozinhas
Segunda chance - Caminhos para ressocializar Segunda chance - Caminhos para ressocializar
Eles saem das prisões, mas as prisões não saem deles. Perseguem-nos até o final de suas vidas. Como uma condenação perpétua. Pena. Eles lamentam. Mas precisam seguir. E neste difícil caminho da ressocialização, o trabalho é uma espécie de absolvição.

    SIGA-NOS

    LICENCIAMENTO

  • Para solicitação de licenciamento, contactar editores@ne10.com.br

Jornal do Commercio 2019 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE |

PRIVACIDADE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM