Jornal do Commercio
ELEIÇÕES 2018

Marine Le Pen critica Bolsonaro por dizer coisas 'extremamente desagradáveis'

Para a líder da extrema direita na França, a expressiva votação do capitão reformado reflete o ambiente de insegurança no Brasil

Publicado em 11/10/2018, às 11h23

Em maio do ano passado, Le Pen perdeu as eleições para o centrista liberal Emmanuel Macron / Foto: AFP
Em maio do ano passado, Le Pen perdeu as eleições para o centrista liberal Emmanuel Macron
Foto: AFP
Estadão

A líder da extrema direita na França, Marine Le Pen, criticou nesta quinta-feira o candidato à Presidência Jair Bolsonaro (PSL) por dizer coisas "extremamente desagradáveis", segundo a rádio francesa RFI. Le Pen fez a declaração em entrevista ao canal France 2.

"Ele tem dito coisas que são extremamente desagradáveis, que não podem ser transferidas para nosso país, é uma cultura diferente", disse Le Pen, referindo-se a declarações polêmicas de Bolsonaro sobre homossexuais e mulheres. "De qualquer forma, a partir do momento em que alguém diz coisas desagradáveis, ele passa a ser de extrema direita na imprensa francesa. Não vejo Bolsonaro como um candidato de extrema direita", acrescentou.



'Votação reflete ambiente de insegurança'

Le Pen atribuiu o forte desempenho de Bolsonaro no primeiro turno da disputa presidencial ao fato de sua campanha se basear na questão da segurança pública e no combate à corrupção. Para ela, a expressiva votação do capitão reformado reflete o ambiente de insegurança no Brasil.

Em maio do ano passado, Le Pen foi derrotada pelo centrista liberal Emmanuel Macron no segundo turno da eleição presidencial francesa.





Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Copa América no Brasil Copa América no Brasil
Confira a relação da Copa América com o Brasil, o histórico e detalhes da edição deste ano, na qual a seleção terá que se virar sem Neymar, cortado do torneio. Catar e Japão participam como convidados
O nome dele era Gabriel Diniz O nome dele era Gabriel Diniz
José Gabriel de Souza Diniz, o Gabriel Diniz, ou simplesmente GD como os fãs o chamavam, morreu precocemente, aos 28 anos, em um acidente com um pequeno avião no litoral sul de Sergipe ocorrido na segunda-feira, 27 de maio de 2019.
Conheça o udigrudi pernambucano Conheça o udigrudi pernambucano
O udigrudi pernambucano reuniu um grupo de talentosos jovens músicos que, na primeira metade dos anos 70, gravou discos absolutamente não comerciais, fez rock and roll na terra do frevo, produziu festivais, insistiram na permanência do sonho.

    SIGA-NOS

    LICENCIAMENTO

  • Para solicitação de licenciamento, contactar editores@ne10.com.br

Jornal do Commercio 2019 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE |

PRIVACIDADE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM