Jornal do Commercio
DIESELGATE

Audi pagará € 800 milhões de multa na Alemanha no caso dos motores a diesel manipulados

A montadora Audi filial da Volkswagen é acusada de falsificar números de série dos carros que não se adequavam às normas ambientais

Publicado em 16/10/2018, às 09h16

O
O "dieselgate" já custou ao grupo mais de 27 bilhões de euros em recalls e processos judiciais
Foto: AFP/Arquivos
AFP

A montadora Audi, filial do grupo alemão Volkswagen, pagará uma multa de 800 milhões de euros pelo caso dos motores a diesel manipulados, anunciou a empresa.

"A Audi aceitou a multa", afirma um comunicado, que também explica que o pagamento terá um impacto negativo no resultado de 2018 do grupo.

Até agora, o "dieselgate" custou ao grupo mais de 27 bilhões de euros em recalls e processos judiciais. O valor inclui uma multa de mais de um bilhão anunciada em junho pelo Ministério Público de Brunswick e que já foi contabilizada no resultado do segundo trimestre.

A Procuradoria de Munique indicou que "ficaram evidenciadas violações na supervisão" dentro da empresa "a respeito da homologação de carros a diesel, que não respeitam a regulamentação".



"A multa não tem impacto nas investigações da Procuradoria de Munique, direcionada a pessoas no âmbito do caso diesel", informa um comunicado.

O caso dos motores a diesel manipulados foi revelado em  setembro de 2015, quando a Agência de Proteção do Meio Ambiente (EPA) dos Estados Unidos denunciou a Volkswagen.

Acusação

A EPA acusou a montadora de ter instalado em 11 milhões de veículos a diesel — 600.000 deles vendidos nos Estados Unidos — um software que manipulava os resultados dos testes de poluição e ocultava as emissões reais, até 40 vezes superiores às permitidas.




Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.

OFERTAS

Especiais JC

Especial Nova Rotação Especial Nova Rotação
As cidades estão entrando em colapso. Refletem o resultado da mobilidade urbana convencional, um mal incorporado à sociedade e de difícil enfrentamento.Mas o momento de inverter essa lógica é agora. Criar uma nova rotação para as cidades, para as pessoas
JC Recall de Marcas 2019 JC Recall de Marcas 2019
Pitú e Vitarella são as marcas mais lembradas pelo consumidor pernambucano, de acordo com a edição 2019 do Prêmio JC Recall de Marcas. O ranking foi feito a partir de levantamento do Harrop Pesquisa para o Jornal do Commercio.
Especial Tempo de Férias Especial Tempo de Férias
O tempo das férias finalmente chegou e com ele os vários planos sobre o que fazer no período livre. O JC traz algumas dicas de como otimizar o período para voltar renovado do merecido descanso.

    SIGA-NOS

    LICENCIAMENTO

  • Para solicitação de licenciamento, contactar editores@ne10.com.br

Jornal do Commercio 2019 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE |

PRIVACIDADE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM