Jornal do Commercio
ENCONTRO

EUA diz que Coreia do Norte adia reunião por não estar preparada

A embaixadora Nikki Haley disse esperar que a reunião seja reagendada e que o planejamento do encontro entre Donald Trump e Kim Jong Un siga em pé

Publicado em 08/11/2018, às 22h07

A reunião entre o secretário americano de Estado, Mike Pompeo, e os funcionários do governo de Kim Jong Un aconteceria em Nova York / Foto: Saul Loeb / AFP
A reunião entre o secretário americano de Estado, Mike Pompeo, e os funcionários do governo de Kim Jong Un aconteceria em Nova York
Foto: Saul Loeb / AFP
AFP

A Coreia do Norte adiou esta semana a reunião entre funcionários do governo de Kim Jong Un e o secretário americano de Estado, Mike Pompeo, "porque não estavam preparados", declarou nesta quinta-feira (8) a embaixadora Nikki Haley.

Pompeo deveria se encontrar nesta quinta-feira, em Nova York, com Kim Yong Chol, funcionário norte-coreano de primeiro escalão, para promover a 'desnuclearização' da península coreana, mas a reunião foi cancelada por Pyongyang. 

"A Coreia do Norte disse que precisava de um adiamento", revelou Haley na sede da ONU. "Não creio que tenha havido qualquer problema grave". 



"Foi adiado porque não estavam preparados, mas continuamos prontos para conversar". 

O inesperado adiamento ocorre dois dias após o departamento de Estado anunciar a reunião em Nova York, na qual se buscava avançar na organização de uma segunda cúpula entre o presidente americano,  Donald Trump, e o líder norte-coreano, Kim Jong Un.

Haley espera que a reunião seja reagendada, e que o planejamento do encontro entre os dois líderes siga em pé. 

Cúpula histórica

Trump e Kim mantiveram uma cúpula histórica em junho passado, em Singapura, na qual os dois líderes concordaram em eliminar as armas nucleares da Península Coreana, mas desde então ocorreram poucos avanços. 


Palavras-chave




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

JC 100 anos JC 100 anos
Para marcar os 100 anos de fundação, o JC publica este especial com um panorama do que se passou neste período em que o jornal retratou o mundo, com projeções de especialistas sobre o que vem por aí e com os bastidores da Redação do Jornal do Commercio
Sozinha nasce uma mãe Sozinha nasce uma mãe
Uma palavra se repete na vida dela: sozinha. Porque estava sozinha na gravidez. Sozinha na hora do parto. Sozinha nas primeiras noites de choro. Sozinha nos primeiros passos. Sozinha no registro civil. O JC conta histórias de luta das mães sozinhas
Segunda chance - Caminhos para ressocializar Segunda chance - Caminhos para ressocializar
Eles saem das prisões, mas as prisões não saem deles. Perseguem-nos até o final de suas vidas. Como uma condenação perpétua. Pena. Eles lamentam. Mas precisam seguir. E neste difícil caminho da ressocialização, o trabalho é uma espécie de absolvição.

    SIGA-NOS

    LICENCIAMENTO

  • Para solicitação de licenciamento, contactar editores@ne10.com.br

Jornal do Commercio 2019 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE |

PRIVACIDADE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM