Jornal do Commercio
ESTADOS UNIDOS

Incêndios florestais na Califórnia deixam mortos

Os incêndios florestais que atingem a Califórnia deixaram ao menos cinco mortos e vários feridos

Publicado em 09/11/2018, às 17h22

Uma equipe investiga a possibilidade de haver mais vítimas fatais / Foto: Josh Edelson / AFP
Uma equipe investiga a possibilidade de haver mais vítimas fatais
Foto: Josh Edelson / AFP
AFP

Os incêndios florestais que atingem a Califórnia deixaram ao menos cinco mortos, vários feridos e centenas de milhares de evacuados, informaram as autoridades nesta sexta-feira (9).

O maior foco está localizado ao norte de Sacramento, no condado de Buttle, onde o "Camp Fire" destruiu 280 km2 e foram emitidas ordens de evacuação.

Outros dois incêndios foram registrados mais ao sul, no condado de Ventura, próximo a Los Angeles, somando 56 km2.


Galeria de imagens

Legenda
Anteriores
Próximas

"A magnitude da destruição que vimos é incrível e dolorosa", disse Mark Ghilarducci, diretor do escritório de emergência do governo do estado. "Sabemos que há feridos e perda de vidas humanas".

O gabinete do xerife de Buttle informou que seus oficiais "localizaram cinco falecidos na área de Edgewood Lane, em Paradise", uma das localidades mais afetadas.

"A investigação preliminar revelou que estas vítimas foram localizadas em veículos alcançados pelo incêndio Camp", informou um comunicado.

"Devido às queimaduras, a identificação não pôde ser feita. Serão realizadas necropsias para determinar as circunstâncias das mortes e começar o processo de identificação", prosseguiu.



Uma equipe investiga a possibilidade de haver mais vítimas fatais.

Um fotógrafo da AFP constatou o nível de destruição em Paradise e resumiu o cenário que viu a um inferno: casas envoltas em chamas, outras já feitas cinzas e carros carbonizados.

Ghilarducci advertiu que nesta área foram evacuadas 52.000 pessoas, enquanto em Ventura os evacuados superam os 100.000.

Também advertiu que o estado espera condições climáticas de incêndios - ventos fortes e um clima muito seco - para os próximos dias, uma notícia ruim para os quase 2.000 bombeiros que combatem as chamas.

"Camp", controlado em apenas 5%, destruiu 2.000 estruturas e ameaça um total de 15.000.

Evacuação

Estradas estão fechadas e ordens de evacuação foram emitidas em uma dúzia de bairros na cidade de Paradise, uma das mais afetadas, e de Chico.

Três abrigos foram abertos para atender os afetados.

"Toda a parte inferior de Paradise está totalmente envolvida em chamas", disse Kevin Winstead, morador do povoado de Magalia, à televisão local KIEM TV.

"Tudo está envolvido em chamas agora, não vai restar nenhuma casa em pé", disse. "Estou devastado".

O outro foco de incêndio se desenvolveu a poucos quilômetros de Thousand Oaks, onde um ex-soldado abriu fogo em um bar na quarta-feira à noite, deixando 12 mortos, antes de se suicidar.

A Califórnia foi afetada desde o fim de 2017 por um grande número de incêndios especialmente violentos, que provocaram uma dezena de mortes.


Palavras-chave

Recomendados para você




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Vida fit todo dia Vida fit todo dia
Apesar de a abertura do Verão no Brasil só acontecer em dezembro, no Nordeste há uma antecipação da data. Por esse motivo, que tal aproveitar esses meses de energia para cultivar bons hábitos e mudar o estilo de vida? Veja várias dicas de como se cuidar
BRT: E agora? BRT: E agora?
Ele está ferido, sofrido. Esquecido. E sem perspectivas de melhoria. Tem sobrevivido como é possível e, apenas pontualmente, esboça reações positivas. O sistema BRT, Bus Rapid Transit, tem sofrido de inanição em todo o País. E poderá se perder.
Especial educação Especial educação
E se você descobrisse que o futuro ligado às tendências que irão norteá-lo já chegou? O mundo hoje é um mar de oportunidades, para conhecimento, informação e inovação. Cada vez mais o profissional precisa evoluir. Por isso veja o caminho a seguir

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2018 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM