Jornal do Commercio
ONDA DE MIGRANTES

México e América Central preparam plano para conter migração

O próximo chanceler do México disse que será elaborado um plano conjunto com El Salvador, Guatemala e Honduras para conter a migração na América Central

Publicado em 27/11/2018, às 20h51

Onda de migrantes centro-americanos tenta chegar aos Estados Unidos / Foto: GUILLERMO ARIAS / AFP
Onda de migrantes centro-americanos tenta chegar aos Estados Unidos
Foto: GUILLERMO ARIAS / AFP
AFP

O próximo chanceler do México, Marcelo Ebrard, disse nesta terça-feira (27) que na Conferência Mundial de Migração prevista para o Marrocos, em 10 e 11 de dezembro, será elaborado um plano conjunto com El Salvador, Guatemala e Honduras para conter a migração na América Central.

"No Marrocos apresentaremos até onde vamos, como o plano está organizado", disse Ebrard, que assumirá no próximo sábado.

"Essencialmente, é um projeto de investimento que estamos tratando de fazer e uma seleção de planos que terão uma maior viabilidade a curto prazo", acrescentou o futuro chanceler do presidente Andrés Manuel López Obrador.

Ebrard disse que convidará Estados Unidos, Canadá e União Europeia para participar do projeto, que será parecido com o Plano Marshall, uma iniciativa americana de ajuda à Europa após a Segunda Guerra Mundial, "em relação ao tamanho do esforço".



Estados Unidos

O governo americano anunciou nesta terça-feira (27) que o secretário de Estado, Mike Pompeo, se reunirá com Ebrard em Washington no próximo domingo para dialogar sobre um acordo que permita conter a onda de migrantes centro-americanos que tentam chegar aos Estados Unidos.

Na conferência do Marrocos será adotado um Pacto Mundial sobre a Migração, que busca reforçar a cooperação internacional sobre o tema.

O documento cita 23 objetivos para aumentar os caminhos da migração legal e administrar melhor os fluxos migratórios, atualmente avaliado em 250 milhões de pessoas no planeta.

Mas Estados Unidos, Hungria, Áustria, República Tcheca, Polônia e Austrália já rejeitaram o plano.

Ebrard declarou que o projeto para a América Central, que tem o apoio da Comissão Econômica para a América Latina e o Caribe (CEPAL), será o primeiro de acordo com o pacto a ser anunciado no Marrocos.




Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.

OFERTAS

Especiais JC

Irmã Dulce e as lições que se multiplicam Irmã Dulce e as lições que se multiplicam
A Santa Dulce dos Pobres deixou um legado enorme por todo o país, e não poderia ser diferente em Pernambuco. Veja exemplos de quem segue o "anjo bom da Bahia"
Jackson era grande demais para um pandeiro Jackson era grande demais para um pandeiro
Em pouco tempo, Jackson do Pandeiro deixou claro que não se tratava apenas de uma voz a mais no cenário artístico pernambucano. Confira especial sobre o artista
Especial Novo Clima Especial Novo Clima
O inverno não é mais o mesmo. E nem o verão. Os efeitos da crise climática alteraram a rotina de milhares de cidadãos das grandes cidades. O JC traz reportagens especiais desvendando o "novo clima"

    SIGA-NOS

    LICENCIAMENTO

  • Para solicitação de licenciamento, contactar editores@ne10.com.br

Jornal do Commercio 2020 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE |

PRIVACIDADE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM