Jornal do Commercio
Imigrantes

Navio humanitário 'Aquarius' anuncia fim de trabalho de salvamento

Os Médicos Sem Fronteiras e SOS Mediterrâneo anunciaram nesta quinta o fim das operações de salvamento

Publicado em 06/12/2018, às 19h37

A SOS com sede em Marselha 'estuda as opções para um novo barco e uma nova bandeira' / Foto: Matthew Mirabelli / AFP
A SOS com sede em Marselha 'estuda as opções para um novo barco e uma nova bandeira'
Foto: Matthew Mirabelli / AFP
AFP

Médicos Sem Fronteiras e SOS Mediterrâneo anunciaram nesta quinta-feira (6) o fim das operações de salvamento do navio humanitário "Aquarius", convertido em símbolo da crise política sobre a acolhida de imigrantes.

"Renunciar ao Aquarius foi uma decisão extremamente difícil de se tomar", declarou em um comunicado Frédéric Penard, diretor de operações da SOS Mediterrâneo, lamentando "os ataques incessantes contra o navio e seus tripulantes".

A ONG com sede em Marselha "estuda as opções para um novo barco e uma nova bandeira".

"Nos negamos a ficar com os braços cruzados na costa enquanto as pessoas continuam morrendo no mar", declarou Penard. 

Nelke Mander, diretora-geral do Médicos Sem Fronteiras (MSF), também lamentou o fim das operações, que "significam mais mortes no mar".



Histórico

O "Aquarius", que realizava resgates diante da costa da Líbia desde 2016, atracou em Marselha no início de outubro a espera de uma bandeira que lhe permita navegar, após ter perdido os registros de Gibraltar e Panamá. 

No final de novembro, a justiça italiana solicitou o embargo do navio por tratamento ilegal de resíduos.

Durante suas operações o "Aquarius" socorreu cerca de 30 mil pessoas.

O navio se tornou um símbolo da crise diplomática envolvendo os migrantes em junho, após permanecer sem destino durante uma semana no Mediterrâneo com 630 refugiados a bordo, diante da rejeição de Itália e Malta de permitir sua entrada.

Finalmente, a Espanha abriu seus portos ao "Aquarius", diante da promessa de vários países europeus de receber parte dos refugiados.


Palavras-chave




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Papai Noel o ano inteiro Papai Noel o ano inteiro
As luzes na cidade anunciam que o Natal já chegou. É nesta época do ano que o espírito natalino faz aflorar alguns dos sentimentos mais nobres. Agora iremos contar histórias de pessoas, organizações e empresas que fizeram da solidariedade missão de vida
Vida fit todo dia Vida fit todo dia
Apesar de a abertura do Verão no Brasil só acontecer em dezembro, no Nordeste há uma antecipação da data. Por esse motivo, que tal aproveitar esses meses de energia para cultivar bons hábitos e mudar o estilo de vida? Veja várias dicas de como se cuidar
BRT: E agora? BRT: E agora?
Ele está ferido, sofrido. Esquecido. E sem perspectivas de melhoria. Tem sobrevivido como é possível e, apenas pontualmente, esboça reações positivas. O sistema BRT, Bus Rapid Transit, tem sofrido de inanição em todo o País. E poderá se perder.

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2018 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM