Jornal do Commercio
ACIDENTE

Avião com 157 pessoas a bordo cai na Etiópia, minutos após decolar

Até o momento, não há detalhes sobre o número de vítimas nem causas do acidente

Publicado em 10/03/2019, às 08h15

A aeronave, que caiu logo após a decolagem, se deslocava da capital etíope a Nairóbi, capital do Quênia / Foto: Wikimedia Commons
A aeronave, que caiu logo após a decolagem, se deslocava da capital etíope a Nairóbi, capital do Quênia
Foto: Wikimedia Commons
Estadão Conteúdo

Um avião da companhia Ethiopian Airlines com 157 pessoas a bordo caiu na manhã deste domingo (10), informou a companhia aérea. A aeronave, que caiu logo após a decolagem, se deslocava da capital etíope a Nairóbi, capital do Quênia. 

Até o momento, não há informações oficiais sobre o número de vítimas, mas, segundo informações da emissora estatal da Etiópia, EBC, todas as 157 pessoas que estavam a bordo na aeronave teriam morrido.

O Escritório do primeiro-ministro etíope, Aby Ahmed, expressou "suas mais profundas condolências às famílias daqueles que perderam seus entes queridos. Ele considera que a queda tenha deixado vários mortos", segundo lamentou via Twitter. O presidente do Quênia, Uhuru Kenyatta, disse que muitos quenianos "se preparam para o pior".



Ainda não foram divulgadas as causas deste acidente com o avião modelo Boeing 737, com 149 passageiros e oito membros de tripulação, segundo a companhia aérea. A empresa disse ainda que o avião era novo e que foi incorporado as suas operações em novembro do ano passado.

Após decolagem

A Ethiopian Airlines confirmou que a aeronave caiu seis minutos depois de decolar do aeroporto internacional de Adis Abeba às 8h44 (horário local, 2h44 em Brasília), na altura da cidade de Bishoftu, informou em comunicado. "Neste momento, as operações de busca e resgate estão em andamento e não temos informação confirmada sobre possíveis sobreviventes nem vítimas", afirmou no texto a companhia, que é a maior operadora aérea da África.

O avião, com número de voo ET302, tinha previsto aterrissar no aeroporto internacional de Nairóbi Jomo Kenyatta às 10h25 local. (Equipe AE com Agências Internacionais).





Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Sozinhas nasce uma mãe Sozinhas nasce uma mãe
Uma palavra se repete na vida dela: sozinha. Porque estava sozinha na gravidez. Sozinha na hora do parto. Sozinha nas primeiras noites de choro. Sozinha nos primeiros passos. Sozinha no registro civil. O JC conta histórias de luta das mães sozinhas
Segunda chance - Caminhos para ressocializar Segunda chance - Caminhos para ressocializar
Eles saem das prisões, mas as prisões não saem deles. Perseguem-nos até o final de suas vidas. Como uma condenação perpétua. Pena. Eles lamentam. Mas precisam seguir. E neste difícil caminho da ressocialização, o trabalho é uma espécie de absolvição.
Papai Noel o ano inteiro Papai Noel o ano inteiro
As luzes na cidade anunciam que o Natal já chegou. É nesta época do ano que o espírito natalino faz aflorar alguns dos sentimentos mais nobres. Agora iremos contar histórias de pessoas, organizações e empresas que fizeram da solidariedade missão de vida

    SIGA-NOS

    LICENCIAMENTO

  • Para solicitação de licenciamento, contactar editores@ne10.com.br

Jornal do Commercio 2019 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE |

PRIVACIDADE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM