Jornal do Commercio
Notícia
IRÃ

Presidente iraniano diz que não cederá a pressões dos EUA

Hassan Rouhani disse que "os que ameaçaram o Irã vão se arrepender"

Publicado em 22/05/2019, às 09h23

Presidente do Irã afirmou ainda que iranianos não cederão a
Presidente do Irã afirmou ainda que iranianos não cederão a "bullying" de outras potências
Foto: Televisão Nacional Iraniana
Agência Brasil

O presidente do Irã, Hassan Rouhani, afirmou que o país não cederá a pressões dos Estados Unidos (EUA).

Em discurso ao povo iraniano nessa terça-feira (21), Rouhani disse que "os que ameaçam o Irã vão se arrepender", e afirmou que os iranianos não cederão ao bullying de outras potências.

No domingo (19), um foguete atingiu a Zona Verde, uma região protegida de Bagdá, a capital do Iraque, onde fica a embaixada americana. O Departamento de Estado dos Estados Unidos afirmou que o disparo foi feito por milícias ligadas a Teerã.



Adel Abdul-Mahdi, o premiê do Iraque, anunciou que Bagdá enviará delegações para os Estados Unidos e o Irã com o objetivo de apaziguar as tensões entre os dois países. Mas ainda não é certo se a mediação surtirá efeito, uma vez que Teerã não quer dialogar com Washington.





Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Copa América no Brasil Copa América no Brasil
Confira a relação da Copa América com o Brasil, o histórico e detalhes da edição deste ano, na qual a seleção terá que se virar sem Neymar, cortado do torneio. Catar e Japão participam como convidados
O nome dele era Gabriel Diniz O nome dele era Gabriel Diniz
José Gabriel de Souza Diniz, o Gabriel Diniz, ou simplesmente GD como os fãs o chamavam, morreu precocemente, aos 28 anos, em um acidente com um pequeno avião no litoral sul de Sergipe ocorrido na segunda-feira, 27 de maio de 2019.
Conheça o udigrudi pernambucano Conheça o udigrudi pernambucano
O udigrudi pernambucano reuniu um grupo de talentosos jovens músicos que, na primeira metade dos anos 70, gravou discos absolutamente não comerciais, fez rock and roll na terra do frevo, produziu festivais, insistiram na permanência do sonho.

    SIGA-NOS

    LICENCIAMENTO

  • Para solicitação de licenciamento, contactar editores@ne10.com.br

Jornal do Commercio 2019 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE |

PRIVACIDADE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM