Jornal do Commercio
Notícia
Assassinato

Idosa de 102 anos é suspeita de matar vizinha de quarto na França

O caso ocorreu em uma casa de repouso no norte da França

Publicado em 23/05/2019, às 14h56

A suspeita foi internada em um hospital psiquiátrico / Foto: Ilustração/ Agência Brasil
A suspeita foi internada em um hospital psiquiátrico
Foto: Ilustração/ Agência Brasil
AFP

Uma investigação foi aberta após o assassinato, no sábado, de uma nonagenária em uma casa de repouso no norte da França e sua colega de quarto de 102 anos, suspeita de tê-la matado, foi hospitalizada na psiquiatria - informou a Procuradoria. A vítima, uma residente de 92 anos, foi encontrada no sábado, pouco depois da meia-noite, na cama, de rosto inanimado e inchado, por uma funcionária do estabelecimento, localizado em Chézy-sur-Marne, a 100 km de Paris.

A necropsia "concluiu uma morte por asfixia por estrangulamento e golpe na cabeça", indicou o procurador de Soissons, Frederic Trinh. "A ocupante do quarto ao lado, (...) de 102 anos, manifestou-se, em grande estado de agitação, afirmando 'ter matado alguém'", acrescentou.



Avaliação

A idosa foi transferida para um centro hospitalar por causa de "seu estado de confusão e agitação", a centenária "foi, após exame por um especialista, admitida em uma clínica psiquiátrica". Ela "não foi ouvida" pelos investigadores, disse Trinh à AFP. Uma avaliação psiquiátrica deve ser realizada "para determinar se esta senhora é imputável judicialmente", disse ele.





Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Copa América no Brasil Copa América no Brasil
Confira a relação da Copa América com o Brasil, o histórico e detalhes da edição deste ano, na qual a seleção terá que se virar sem Neymar, cortado do torneio. Catar e Japão participam como convidados
O nome dele era Gabriel Diniz O nome dele era Gabriel Diniz
José Gabriel de Souza Diniz, o Gabriel Diniz, ou simplesmente GD como os fãs o chamavam, morreu precocemente, aos 28 anos, em um acidente com um pequeno avião no litoral sul de Sergipe ocorrido na segunda-feira, 27 de maio de 2019.
Conheça o udigrudi pernambucano Conheça o udigrudi pernambucano
O udigrudi pernambucano reuniu um grupo de talentosos jovens músicos que, na primeira metade dos anos 70, gravou discos absolutamente não comerciais, fez rock and roll na terra do frevo, produziu festivais, insistiram na permanência do sonho.

    SIGA-NOS

    LICENCIAMENTO

  • Para solicitação de licenciamento, contactar editores@ne10.com.br

Jornal do Commercio 2019 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE |

PRIVACIDADE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM