Jornal do Commercio
Leste da África

Explosão de carro-bomba mata oito na capital da Somália

Até o momento, pelo menos oito pessoas morreram e 16 ficaram feridas

Publicado em 15/06/2019, às 14h17

De acordo com fontes oficiais, houve uma segunda explosão numa estrada que leva ao aeroporto da capital / Foto: AFP
De acordo com fontes oficiais, houve uma segunda explosão numa estrada que leva ao aeroporto da capital
Foto: AFP
AFP

Pelo menos oito pessoas morreram e 16 ficaram feridas neste sábado (15) na explosão de um carro-bomba perto do parlamento de Mogadíscio, a capital da Somália, horas depois de uma milícia ter executado nove civis de uma tribo com supostos vínculos com o grupo islâmico Al Shabaab.

De acordo com fontes oficiais, houve uma segunda explosão numa estrada que leva ao aeroporto da capital, mas não foram registradas vítimas.

O grupo Al Shabaab reivindicou os ataques, garantindo que os objetivos eram "dois postos de controle, um na estada para o aeroporto e o outro no caminho que leva ao parlamento".   



De acordo com as forças de segurança, o segundo veículo com explosivos foi avistado num posto de controle. Seguranças abriram fogo e mataram o motorista do carro, que explodiu em seguida.

Al Qaida

O Al Shabaab, com ligações com a Al Qaida, luta a mais de uma década para derrubar o governo somali.

Em 2011, abandonaram posições que tinham em Mogadíscio e, desde então, perderam várias regiões, apesar de ainda controlarem grandes áreas rurais onde realizam operações de guerrilha e atentados suicidas contra alvos ligados ao governo.





Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.

OFERTAS

Especiais JC

Especial Tempo de Férias Especial Tempo de Férias
O tempo das férias finalmente chegou e com ele os vários planos sobre o que fazer no período livre. O JC traz algumas dicas de como otimizar o período para voltar renovado do merecido descanso.
Copa América no Brasil Copa América no Brasil
Confira a relação da Copa América com o Brasil, o histórico e detalhes da edição deste ano, na qual a seleção terá que se virar sem Neymar, cortado do torneio. Catar e Japão participam como convidados
O nome dele era Gabriel Diniz O nome dele era Gabriel Diniz
José Gabriel de Souza Diniz, o Gabriel Diniz, ou simplesmente GD como os fãs o chamavam, morreu precocemente, aos 28 anos, em um acidente com um pequeno avião no litoral sul de Sergipe ocorrido na segunda-feira, 27 de maio de 2019.

    SIGA-NOS

    LICENCIAMENTO

  • Para solicitação de licenciamento, contactar editores@ne10.com.br

Jornal do Commercio 2019 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE |

PRIVACIDADE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM