Jornal do Commercio
Notícia
Apagão

Energia começa a ser normalizada na Argentina e no Uruguai

Apagão na manhã deste domingo atingiu 47,4 milhões de pessoas

Publicado em 16/06/2019, às 16h18

Apagão na manhã deste domingo atingiu 47,4 milhões de pessoas / TOMAS F. CUESTA/ASSOCIATED PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO
Apagão na manhã deste domingo atingiu 47,4 milhões de pessoas
TOMAS F. CUESTA/ASSOCIATED PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO
Agência Brasil

Os serviços de energia na Argentina e no Uruguai começaram a ser normalizados após uma falha no sistema de interconexão elétrica que deixou sem luz os dois países na manhã de hoje (16), afetando cerca de 47,4 milhões de pessoas. A normalização dos serviços já chegou a 80% na Argentina e 88% no Uruguai, segundo as empresas distribuidoras de energia dos países.

A Argentina e o Uruguai compartilham um sistema interconectado de energia elétrica, centralizado na usina binacional de Salto Grande, localizada a cerca de 450 km ao norte de Buenos Aires.

Empresa argentina

Segundo a empresa argentina Edesur, a falha no sistema interligado teve origem em uma conexão de transporte de energia elétrica entre as usinas de Yacyretá e Salto Grande, localizadas na costa argentina. Por volta das 15h, a empresa disse que o serviço de energia elétrica já estava normalizado para 2 milhões de domicílios, o que representa 80% do total de clientes da empresa. "Continuaremos com os trabalhos de normalização do serviço até atingir a totalidade dos clientes", disse a empresa por meio de sua conta no Twitter.



Empresa uruguaia

Já a UTE, empresa responsável pelo serviço de abastecimento de energia no Uruguai, disse que por volta das 13h40, o serviço já havia sido normalizado para 88% dos domicílios. A empresa disse estimar em aproximadamente 3 horas o tempo necessário para o restabelecimento pleno do fornecimento de energia no país, mas que a retomada dos serviços não incluía as interrupções ocasionadas pelas fortes chuvas que atingiram o país nas últimas horas. 

A empresa afirmou ainda que em 40 anos de interconexão com a Argentina não houve nenhum evento similar ou apagão como o ocorrido na manhã deste domingo. "Estamos de guarda, acompanhando a Argentina em seu retorno ao normal, trabalhando como uma equipe. Até que isso seja concluído, pode haver novos inconvenientes para a rede, por isso, as equipes técnicas da UTE estão em alerta", disse.





Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.

OFERTAS

Especiais JC

Especial Tempo de Férias Especial Tempo de Férias
O tempo das férias finalmente chegou e com ele os vários planos sobre o que fazer no período livre. O JC traz algumas dicas de como otimizar o período para voltar renovado do merecido descanso.
Copa América no Brasil Copa América no Brasil
Confira a relação da Copa América com o Brasil, o histórico e detalhes da edição deste ano, na qual a seleção terá que se virar sem Neymar, cortado do torneio. Catar e Japão participam como convidados
O nome dele era Gabriel Diniz O nome dele era Gabriel Diniz
José Gabriel de Souza Diniz, o Gabriel Diniz, ou simplesmente GD como os fãs o chamavam, morreu precocemente, aos 28 anos, em um acidente com um pequeno avião no litoral sul de Sergipe ocorrido na segunda-feira, 27 de maio de 2019.

    SIGA-NOS

    LICENCIAMENTO

  • Para solicitação de licenciamento, contactar editores@ne10.com.br

Jornal do Commercio 2019 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE |

PRIVACIDADE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM