Jornal do Commercio
Notícia
AFEGANISTÃO

Veja os atentados mais letais já cometidos em Cabul desde 2008

Longa lista de ataques não para de crescer desde a queda dos talibãs em 2001

Publicado em 18/08/2019, às 16h10

Um atentado suicida deixou ao menos 63 mortos na noite do último sábado (17).  / Foto: WAKIL KOHSAR / AFP
Um atentado suicida deixou ao menos 63 mortos na noite do último sábado (17).
Foto: WAKIL KOHSAR / AFP
AFP

O atentado suicida que deixou pelo menos 63 mortos na noite de sábado (17), em Cabul, soma-se a uma longa série de ataques cometidos na capital afegã desde a queda dos talibãs em 2001.

Abaixo, a relação dos atentados mais letais ocorridos desde 2008:

2019

17 de agosto: um atentado suicida reivindicado pelo grupo Estado Islâmico (EI) mata pelo menos 63 pessoas e fere outras 182 durante uma festa de casamento, no oeste da capital.

2018

24 de dezembro: homens armados invadem por horas o complexo governamental de Cabul, após detonar um carro-bomba na entrada. O ataque deixa ao menos 43 mortos. As autoridades acusam os talibãs, que negam qualquer envolvimento.

20 de novembro: um atentado suicida, cuja autoria não foi reivindicada por grupo algum, deixa 55 mortos e pelo menos 94 feridos em Cabul durante uma concentração religiosa.

22 de abril: o EI reivindica um atentado suicida que deixa quase 60 mortos e 119 feridos, todos civis, contra um centro de registro para as eleições legislativas, em um bairro da capital de maioria xiita.

27 de janeiro: uma ambulância-bomba explode perto do Ministério do Interior em um dos bairros mais frequentados da capital afegão. São mais de 100 mortos e quase 160 feridos. Os talibãs assumem o ataque.

2017

20 de outubro: um atentado contra uma mesquita xiita do imã Zaman, no oeste de Cabul, deixa 56 mortos e 55 feridos, durante a oração da tarde. O agressor abriu fogo contra a multidão antes de ativar sua jaqueta repleta de explosivos.



31 de maio: um atentado com caminhão-bomba abala o bairro diplomático de Cabul, deixando mais de 150 mortos e 400 feridos. Nenhum grupo assumiu o ataque, cometido em um horário de pico do tráfego. Foi o mais letal já registrado na capital desde 2001.

8 de março: homens vestidos de médicos atacam o maior hospital militar do país. Oficialmente, o número de mortos é 50, mas fontes de segurança e testemunhas afirmam que teria sido mais do que o dobro. O ataque foi reivindicado pelo grupo EI.

2016 

23 de julho: uma dupla explosão deixa ao menos 85 mortos e mais de 400 feridos em Cabul, em meio a uma multidão de hazares, a única etnia xiita do Afeganistão. É o primeiro ataque reivindicado pelo EI na capital afegã.

19 de abril: a explosão de um caminhão-bomba nas imediações de um complexo governamental da capital, seguida de um tiroteio, deixa 64 mortos e cerca de 350 feridos, uma semana depois do início da "Campanha de Primavera" anunciada pelos talibãs. 

2011

6 de dezembro: um homem-bomba mata 80 pessoas em Cabul, suicidando-se no meio de uma procissão durante a Ashura, uma festa sagrada do Islã xiita. Os talibãs negam qualquer responsabilidade.

2008

7 de julho: um atentado suicida com carro-bomba contra a embaixada da Índia em Cabul deixa 60 mortos, incluindo dois diplomatas e dois guardas indianos. Os talibãs se distanciam do ataque. 

Também são cometidos vários atentados no restante do país. O mais letal deixou cerca de 140 mortos, entre eles mais de 50 policiais auxiliares, em Kandahar (sul), em fevereiro de 2008.




Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.

OFERTAS

Especiais JC

Especial Nova Rotação Especial Nova Rotação
As cidades estão entrando em colapso. Refletem o resultado da mobilidade urbana convencional, um mal incorporado à sociedade e de difícil enfrentamento.Mas o momento de inverter essa lógica é agora. Criar uma nova rotação para as cidades, para as pessoas
JC Recall de Marcas 2019 JC Recall de Marcas 2019
Pitú e Vitarella são as marcas mais lembradas pelo consumidor pernambucano, de acordo com a edição 2019 do Prêmio JC Recall de Marcas. O ranking foi feito a partir de levantamento do Harrop Pesquisa para o Jornal do Commercio.
Especial Tempo de Férias Especial Tempo de Férias
O tempo das férias finalmente chegou e com ele os vários planos sobre o que fazer no período livre. O JC traz algumas dicas de como otimizar o período para voltar renovado do merecido descanso.

    SIGA-NOS

    LICENCIAMENTO

  • Para solicitação de licenciamento, contactar editores@ne10.com.br

Jornal do Commercio 2019 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE |

PRIVACIDADE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM