Jornal do Commercio
Notícia
EUA E BRASIL

Trump oferece ajuda a Bolsonaro para controlar incêndios na Amazônia

O anúncio sobre a possível ajuda foi publicada no Twitter do presidente dos Estados Unidos, Trump

Publicado em 23/08/2019, às 18h27

''Acabo de falar com o presidente Bolsonaro'', disse Trump no Twitter / Foto: Alan Santos/PR
''Acabo de falar com o presidente Bolsonaro'', disse Trump no Twitter
Foto: Alan Santos/PR
AFP e Estadão Conteúdo

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, anunciou nesta sexta-feira (23) que ofereceu ao presidente Jair Bolsonaro ajuda para combater os incêndios na Amazônia. 

''Acabo de falar com o presidente Jair Bolsonaro'', tuitou Trump, enfatizando suas boas relações com Bolsonaro e as perspectivas comerciais futuras. ''Disse-lhe que se os Estados Unidos puderem ajudar com os incêndios na floresta Amazônica, estamos prontos para fazer isso!''.

Confira:

G-7

Os Estados Unidos ainda se comprometeram a responder que a Amazônia só deve ser discutida com a presença e a participação ativa do Brasil. Isso caso Macron aborde o assunto no G-7. Trump tem se mantido em lado oposto aos europeus no debate de proteção ambiental. Ele retirou os EUA do Acordo de Paris - convênio global que prevê esforços para conter o aquecimento global - e, em junho, no G-20, mais uma vez se manteve isolado diante da renovação de compromisso dos demais países em tomar medidas para conter a mudança climática.



A defesa tem uma conversa só com presença do Brasil também teria sido defendida pelo premiê da Espanha, Pedro Sánchez. Ele teria dado apoio a Bolsonaro em telefonema. O brasileiro ainda ligou para o primeiro-ministro do Japão, Shinzo Abe, que também teria apoiado.

Mais cedo, fonte do alto escalão do governo afirmou que os Estados Unidos "estão preocupados com o impacto dos incêndios na Amazônia nas comunidades, na biodiversidade e nos recursos naturais do Brasil e da região". Oficialmente, o Departamento de Estado informou não ter sido procurado, "mas continua trabalhando com o Brasil no aumento do investimento em florestas saudáveis".

Iniciativa diplomática. Segundo apurou o Estado, a gestão Bolsonaro vai chamar o embaixador francês no Brasil em razão dos ataques de Macron. O gesto de convocar o representante é simbólico e demonstra total insatisfação com a França.




Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.

OFERTAS

Especiais JC

Irmã Dulce e as lições que se multiplicam Irmã Dulce e as lições que se multiplicam
A Santa Dulce dos Pobres deixou um legado enorme por todo o país, e não poderia ser diferente em Pernambuco. Veja exemplos de quem segue o "anjo bom da Bahia"
Jackson era grande demais para um pandeiro Jackson era grande demais para um pandeiro
Em pouco tempo, Jackson do Pandeiro deixou claro que não se tratava apenas de uma voz a mais no cenário artístico pernambucano. Confira especial sobre o artista
Especial Novo Clima Especial Novo Clima
O inverno não é mais o mesmo. E nem o verão. Os efeitos da crise climática alteraram a rotina de milhares de cidadãos das grandes cidades. O JC traz reportagens especiais desvendando o "novo clima"

    SIGA-NOS

    LICENCIAMENTO

  • Para solicitação de licenciamento, contactar editores@ne10.com.br

Jornal do Commercio 2020 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE |

PRIVACIDADE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM
'; status++; } } else { status = 0; document.getElementById("aovivo").style.display = "none"; } setTimeout(function() { aovivo(); }, 180000); })();