Jornal do Commercio
Notícia
REPERCUSSÃO INTERNACIONAL

''Povo venezuelano está feliz e saúda a liberdade do irmão Lula'', afirma Maduro

O ex-presidente Lula deixou a prisão em Curitiba às 17h42 desta sexta-feira (08)

Publicado em 08/11/2019, às 19h00

Nicolás Maduro é o presidente da Venezuela / Foto: AFP
Nicolás Maduro é o presidente da Venezuela
Foto: AFP
AFP

O presidente venezuelano, Nicolás Maduro, comemorou a soltura do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva - um aliado-chave de seu falecido antecessor, Hugo Chávez -, que saiu nesta sexta-feira da prisão, onde cumpria pena de mais de oito anos de reclusão.

 

"O povo venezuelano está feliz e saúda a liberdade do irmão Lula. Viva o Brasil!, Viva Lula!, Viva a união da nossa América!", declarou Maduro durante discurso em rede de rádio e televisão, com a exibição de imagens da saída de Lula da prisão.

O ex-presidente Lula (2003-2010) saiu da prisão, beneficiado por uma decisão tomada na véspera pelo STF que vetou a prisão em segunda instância

Ele cumpria pena desde abril do ano passado, condenado por se beneficiar de um apartamento tríplex no Guarujá, litoral de São Paulo, que a empreiteira OAS ofereceu em troca de mediação em contratos com a Petrobras.

"Realmente é muito emocionante ver Lula na rua, Lula é o grande líder do Brasil e é um grande líder da América Latina e do Caribe", afirmou Maduro durante ato no Palácio presidencial de Miraflores.



O líder histórico da esquerda saiu sorridente da superintendência da Polícia Federal, onde estava preso desde abril de 2018, e foi cercado por uma multidão de partidários que o aclamava.


Galeria de imagens

Legenda
Anteriores
Próximas

Lula deixa a prisão em Curitiba

O relógio marcava 17h42 quando o ex-presidente Lula (PT) deixou a sede da Polícia Federal (PF) em Curitiba, na tarde desta sexta-feira (8), uma hora depois da expedição do alvará de soltura, onde estava preso desde 7 de abril de 2018. A saída do petista da prisão acontece após o Supremo Tribunal Federal (STF) considerar, por seis votos a cinco, a prisão após condenação em segunda instância inconstitucional na noite dessa quinta-feira (7).

A ordem de soltura do petista foi dada pelo juiz Danilo Pereira Júnior, da 12ª Vara Federal de Curitiba, menos de 24 horas depois de o Supremo Tribunal Federal declarar inconstitucional a prisão após condenação em segunda instância - caso de Lula.

Poucos minutos após a saída, às 17h53, o ex-presidente iniciou um discurso a aliados que o esperavam na frente da sede da PF, onde montaram um acampamento desde o início da prisão do petista. Em seguida, Lula deve viajar para São Paulo, onde participa, segundo correligionários, de um ato político no Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, em São Bernardo do Campo, interior paulista.




Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.

OFERTAS

Especiais JC

Reencontros Reencontros
A menina que salvou os livros numa enchente, o garoto que venceu a raiva humana, o médico que superou a pobreza, os albinos de Olinda e o goleiro de uma só perna foram personagens do projeto Reencontros, publicado em todas as plataformas do SJCC
Especial Nova Rotação Especial Nova Rotação
As cidades estão entrando em colapso. Refletem o resultado da mobilidade urbana convencional, um mal incorporado à sociedade e de difícil enfrentamento.Mas o momento de inverter essa lógica é agora. Criar uma nova rotação para as cidades, para as pessoas
JC Recall de Marcas 2019 JC Recall de Marcas 2019
Pitú e Vitarella são as marcas mais lembradas pelo consumidor pernambucano, de acordo com a edição 2019 do Prêmio JC Recall de Marcas. O ranking foi feito a partir de levantamento do Harrop Pesquisa para o Jornal do Commercio.

    SIGA-NOS

    LICENCIAMENTO

  • Para solicitação de licenciamento, contactar editores@ne10.com.br

Jornal do Commercio 2019 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE |

PRIVACIDADE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM