Jornal do Commercio
Notícia
ORIENTE MÉDIO

Comunidade internacional insiste que EUA e Irã exercitem autocontrole

Secretário-geral da ONU pede que países contenham situação

Publicado em 07/01/2020, às 07h07

O enterro de Soleimani está marcado para terça-feira (7), na província sudeste de Kerman, onde ele nasceu / Foto: Haidar HAMDANI / AFP
O enterro de Soleimani está marcado para terça-feira (7), na província sudeste de Kerman, onde ele nasceu
Foto: Haidar HAMDANI / AFP
Agência Brasil

A comunidade internacional vem insistindo que os Estados Unidos (EUA) e o Irã exercitem seu autocontrole, após a promessa de vingança por parte de Teerã a respeito do assassinato do alto comandante militar iraniano, Qassem Soleimani.

As cerimônias do funeral para Soleimani foram realizadas em todo o Irã nessa segunda-feira (6), três dias após sua morte por um ataque com drones feito pelos Estados Unidos no Iraque. Na capital iraniana, em meio à multidão enlutada e em preces, o líder supremo do país, o aiatolá Ali Khamenei, chorou pela morte de Soleimani.

Enterro

O enterro está marcado para terça-feira (7), na província sudeste de Kerman, onde ele nasceu. Os três dias de luto declarados por Khamenei após a morte do general chegaram ao fim.



A imprensa iraniana citou Ali Akbar Velayati, conselheiro de política externa do líder supremo, afirmando que americanos devem deixar a região. Alertou que caso não o façam, podem acabar em uma situação pior do que ocorreu na guerra do Vietnã.

No domingo (5), vários foguetes foram disparados perto da embaixada americana em Bagdá. Tropas americanas e outras embaixadas dos Estados Unidos na região estão em alerta máximo.

O secretário-geral das Nações Unidas, António Guterres, insiste que líderes exercitem controle máximo, sem citar especificamente os Estados Unidos ou o Irã. Ele pediu que os países se esforcem para conter a situação.


Galeria de imagens

Legenda
Anteriores
Próximas




Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.

OFERTAS

Especiais JC

Irmã Dulce e as lições que se multiplicam Irmã Dulce e as lições que se multiplicam
A Santa Dulce dos Pobres deixou um legado enorme por todo o país, e não poderia ser diferente em Pernambuco. Veja exemplos de quem segue o "anjo bom da Bahia"
Jackson era grande demais para um pandeiro Jackson era grande demais para um pandeiro
Em pouco tempo, Jackson do Pandeiro deixou claro que não se tratava apenas de uma voz a mais no cenário artístico pernambucano. Confira especial sobre o artista
Especial Novo Clima Especial Novo Clima
O inverno não é mais o mesmo. E nem o verão. Os efeitos da crise climática alteraram a rotina de milhares de cidadãos das grandes cidades. O JC traz reportagens especiais desvendando o "novo clima"

    SIGA-NOS

    LICENCIAMENTO

  • Para solicitação de licenciamento, contactar editores@ne10.com.br

Jornal do Commercio 2020 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE |

PRIVACIDADE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM