Jornal do Commercio
Notícia
NOVO HOSPITAL

Por causa do coronavírus, China vai construir hospital com mil leitos em menos de uma semana

As máquinas chegaram na última quinta-feira (23) para que a obra fique pronta e atenda os infectados pelo coronavírus

Publicado em 24/01/2020, às 20h08

A construção segue o mesmo ritmo da que foi feita em Pequim, em 2003, quando a cidade enfrentou o contágio da SARS / Foto: STR / AFP
A construção segue o mesmo ritmo da que foi feita em Pequim, em 2003, quando a cidade enfrentou o contágio da SARS
Foto: STR / AFP
JC Online
Com informações do O Globo

Atualizada às 22h59

As máquinas já estão trabalhando a todo vapor na cidade chinesa de Wuhan, onde um hospital com mais de mil leitos vai ser construído. Mas a necessidade do país requer que a construção termine o mais rápido possível. Por esta razão, o hospital deve ficar pronto em uma semana, por conta do coronavírus, que já matou 41 pessoas na China e infectou mais de 1.287.

>> Veja os países com casos confirmados de coronavírus

>> Período de incubação do coronavírus é de sete dias, dizem especialistas da China

Construída em torno de um complexo de lazer originalmente destinado a trabalhadores locais, a unidade hospitalar vai ficar situada em um jardim à beira de um lago nos arredores da cidade, segundo o jornal Changjiang Daily.


Galeria de imagens

Legenda
Anteriores
Próximas

De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), "ainda é cedo" para decretar estado de emergência global. A maioria dos casos está concentrada exatamente aonde a unidade de saúde vai ser construída.

Nos Estados Unidos, o segundo caso foi confirmado. Já no Nepal, o vírus também tem contaminado as pessoas. Outros 11 países foram atingidos pela doença.

Uma verdadeira força-tarefa tem trabalhado para edificar o hospital. Na noite da última quinta-feira (23), 35 escavadeiras e 10 tratores chegaram ao local para preparar as novas instalações em tempo recorde. Os edifícios pré-fabricados, com mil leitos, já estão sendo erguidos.

Em nota, o governo diz que essa construção "visa resolver a escassez de recursos médicos existentes". "Como serão prédios pré-fabricados, eles não serão apenas construídos rapidamente, mas também não custarão muito".



Uma das envolvidas na obra, a empresa China State Construction Engineering afirmou que estava "fazendo tudo o que pode e superaria as dificuldades" para atingir a meta, ressaltando que mais de 100 pessoas estão envolvidas na construção.

As imagens de uma televisão estatal mostraram a intensa jornada de trabalho no canteiro de obras ainda lamacento, com dezenas de escavadeiras pintadas em várias cores preparando o terreno, com um fluxo muito grande de caminhões transportando os materiais e equipamentos.

SARS

A obra segue o exemplo de Pequim, em 2003, quando a cidade enfrentou a Síndrome Respiratória Aguda Grave (SARS). Na época, 774 pessoas morreram com a epidemia que atingiu quase 30 países. Quando a doença assolou o país, o governo chinês construiu o hospital Xiaotangshan no subúrbio ao norte da cidade no prazo de uma semana. Em dois meses, aquela instituição tratou um sétimo de todos os pacientes que contraíram a síndrome no país, afirmou o Changjiang Daily.

O governo chinês já começou a colocar cidades em quarentena, começando por Wuhan, onde habitam 11 milhões de pessoas, deixando mais de 40 chineses isolados em suas cidades.

O fechamento de trechos da Grande Muralha, assim como o de monumentos emblemáticos de Pequim, já foi anunciado pelo governo, em meio às medidas adotadas para tentar controlar a propagação do novo vírus no país.




Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.

OFERTAS

Especiais JC

Irmã Dulce e as lições que se multiplicam Irmã Dulce e as lições que se multiplicam
A Santa Dulce dos Pobres deixou um legado enorme por todo o país, e não poderia ser diferente em Pernambuco. Veja exemplos de quem segue o "anjo bom da Bahia"
Jackson era grande demais para um pandeiro Jackson era grande demais para um pandeiro
Em pouco tempo, Jackson do Pandeiro deixou claro que não se tratava apenas de uma voz a mais no cenário artístico pernambucano. Confira especial sobre o artista
Especial Novo Clima Especial Novo Clima
O inverno não é mais o mesmo. E nem o verão. Os efeitos da crise climática alteraram a rotina de milhares de cidadãos das grandes cidades. O JC traz reportagens especiais desvendando o "novo clima"

    SIGA-NOS

    LICENCIAMENTO

  • Para solicitação de licenciamento, contactar editores@ne10.com.br

Jornal do Commercio 2020 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE |

PRIVACIDADE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM