Jornal do Commercio
Notícia
VIOLÊNCIA

Guardas chineses matam cachorros a pauladas para impedir transmissão de coronavírus

Vídeo foi gravado na manhã desta terça-feira (11)

Publicado em 11/02/2020, às 10h22

Em vídeo gravado na cidade de Nanchong, na província de Sichuan, na China, é possível ver um oficial batendo em um animal com uma haste de madeira / Foto: Reprodução/Vídeo
Em vídeo gravado na cidade de Nanchong, na província de Sichuan, na China, é possível ver um oficial batendo em um animal com uma haste de madeira
Foto: Reprodução/Vídeo
Katarina Moraes

Um grupo de guardas comunitários chineses é acusado de espancar cachorros até a morte com a intenção de impedir a transmissão do coronavírus, doença que já causou a morte de 1.018 pessoas até a manhã desta terça-feira (11). 

» Imip se torna hospital de referência para atendimento de possíveis casos de coronavírus

» Brasileiros resgatados em Wuhan chegam a Anápolis sem sintomas do coronavírus

» Com medo de pegar coronavírus, donos abandonam animais, na China

» Conheça o pangolim, animal suspeito de transmitir o coronavírus

Na última semana, a Organização Mundial de Saúde reportou que não há casos confirmados de coronavírus em animais domésticos. “Até o momento, não há evidências de que animais domésticos como cães e gatos estejam infectados com o novo coronavírus”, tranquilizou, em nota.



Mesmo com o anúncio, dois cães foram mortos nesta manhã. Em vídeo gravado na cidade de Nanchong, na província de Sichuan, na China, é possível ver um oficial batendo em um animal com uma haste de madeira.

Reprovação

As autoridades locais condenaram a atitude dos guardas. "Neste ponto crucial de luta contra a epidemia, a corporação e os guardas comunitários deveriam ter desinfectado a vizinhança, recolhido informações dos visitantes, supervisionado os pacientes suspeitos em quarentena ou oferecido cuidados psicológicos ao estresse e trauma que os dos residentes adquiriram com a epidemia. Mas, no entanto, eles ignoraram o amor e respeito dos cidadãos pelos animais e mataram vidas sem permissão", respondeu.

Veja como o vírus se espalha pelo mundo




Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.

OFERTAS

Especiais JC

Irmã Dulce e as lições que se multiplicam Irmã Dulce e as lições que se multiplicam
A Santa Dulce dos Pobres deixou um legado enorme por todo o país, e não poderia ser diferente em Pernambuco. Veja exemplos de quem segue o "anjo bom da Bahia"
Jackson era grande demais para um pandeiro Jackson era grande demais para um pandeiro
Em pouco tempo, Jackson do Pandeiro deixou claro que não se tratava apenas de uma voz a mais no cenário artístico pernambucano. Confira especial sobre o artista
Especial Novo Clima Especial Novo Clima
O inverno não é mais o mesmo. E nem o verão. Os efeitos da crise climática alteraram a rotina de milhares de cidadãos das grandes cidades. O JC traz reportagens especiais desvendando o "novo clima"

    SIGA-NOS

    LICENCIAMENTO

  • Para solicitação de licenciamento, contactar editores@ne10.com.br

Jornal do Commercio 2020 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE |

PRIVACIDADE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM