Jornal do Commercio
Notícia
CORONAVÍRUS

Ainda é 'cedo demais' para prever fim do novo coronavírus, diz OMS

O coronavírus já deixou um saldo de mais de 1.100 mortos e 45 mil infectados na China e em cerca de 30 países

Publicado em 12/02/2020, às 17h31

Segundo a OMS, o número de novos casos relatados na China se estabilizou durante a última semana / Foto: ANTHONY WALLACE / AFP
Segundo a OMS, o número de novos casos relatados na China se estabilizou durante a última semana
Foto: ANTHONY WALLACE / AFP
AFP

Ainda é "cedo demais" para prever o fim da nova epidemia de coronavírus, que já deixou mais de 1.100 mortos e 45.000 infectados na China e em cerca de 30 países, informou a Organização Mundial da Saúde (OMS) nesta quarta-feira (12). 

"Acho que hoje é cedo demais para tentar prever o (...) fim dessa epidemia", disse Michael Ryan, chefe do departamento de emergência da OMS em Genebra. 

>> Brasileiros que vieram da China não estão com coronavírus

>> Conheça o pangolim, animal suspeito de transmitir o coronavírus

>> O que se sabe e as incógnitas sobre a epidemia de coronavírus

>>  Imip se torna hospital de referência para atendimento de possíveis casos de coronavírus em Pernambuco

O diretor da OMS, Tedros Adhanom Ghebreyesus, disse que "o número de novos casos relatados na China se estabilizou durante a última semana", mas o dado "deve ser interpretado com extrema cautela". "Essa epidemia pode ir em qualquer direção", alertou Tedros. 



A OMS realizou uma conferência na terça e na quarta-feira que reuniu centenas de especialistas em epidemiologia de todo o mundo para revisar os meios de combater o COVID-19

O presidente chinês, Xi Jinping, felicitou na quarta-feira a "evolução positiva" da epidemia, já que o número de novos casos diminuiu por três dias, apesar do saldo ultrapassar 1.100 mortos. No entanto, ele pediu para não "baixar" a guarda nesta "grande guerra".

Veja mapa que mostra como o coronavírus se espalha pelo mundo




Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.

OFERTAS

Especiais JC

Irmã Dulce e as lições que se multiplicam Irmã Dulce e as lições que se multiplicam
A Santa Dulce dos Pobres deixou um legado enorme por todo o país, e não poderia ser diferente em Pernambuco. Veja exemplos de quem segue o "anjo bom da Bahia"
Jackson era grande demais para um pandeiro Jackson era grande demais para um pandeiro
Em pouco tempo, Jackson do Pandeiro deixou claro que não se tratava apenas de uma voz a mais no cenário artístico pernambucano. Confira especial sobre o artista
Especial Novo Clima Especial Novo Clima
O inverno não é mais o mesmo. E nem o verão. Os efeitos da crise climática alteraram a rotina de milhares de cidadãos das grandes cidades. O JC traz reportagens especiais desvendando o "novo clima"

    SIGA-NOS

    LICENCIAMENTO

  • Para solicitação de licenciamento, contactar editores@ne10.com.br

Jornal do Commercio 2020 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE |

PRIVACIDADE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM