Jornal do Commercio
Editorial
Saúde

Influenza: vacinar é preciso

Campanha de vacinação começou no dia 10 de abril e ainda é baixo o número de pessoas imunizadas

Publicado em 04/05/2019, às 09h10

Pouco mais de 20% dos pernambucanos foram vacinados / Foto: JC Imagem
Pouco mais de 20% dos pernambucanos foram vacinados
Foto: JC Imagem
JC Online

Neste sábado 4 de abril, é o Dia D da Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza e todos os postos de saúde estarão abertos. A campanha começou no dia 10 de abril e pouco mais de 20% dos pernambucanos foram vacinados - sendo segmentos do público prioritário como professores e idosos abaixo dos 15% -, um problema agravado no Recife onde mais de 130 mil meninos e meninas dos 6 meses aos 5 anos ainda precisam se vacinar. Esse quadro é sinal de alerta numa área de risco onde as pessoas poderiam até ser preventivamente assombradas pelos fantasmas da gripe espanhola que há um século matou várias vezes mais que a Primeira Guerra Mundial. O vírus da Influenza é o inimigo mortal que está sendo combatido, um potencial causador de pandemia como foi a espanhola.

Diante de percentuais ainda tão tímidos de cobertura, é preciso alardear o perigo - sem pânico mas rigorosamente responsável - para que todas as faixas de risco tratem de recorrer à melhor maneira de prevenir, de evitar o mal maior. Até se pode encarar a situação específica do Recife como uma espécie de libelo acusatório sobre os responsáveis pelo número de crianças ainda não vacinadas: é inquietante que uma faixa tão expressiva da população esteja sujeita a risco de uma doença altamente transmissível e mortal, quando são amplas as possibilidades de atendimento, quando é certo que que algumas pessoas - idosos, crianças, gestantes - têm um risco maior de desenvolver complicações e a melhor maneira de se prevenir é a vacina. "É preocupante - alerta a coordenadora do Programa de Imunização do Recife, Elizabeth Azoubel - ver que a cobertura geral do município ainda está baixa, em torno de 21%, quando a meta é imunizar 90% do grupo prioritário, ficando em 34% entre as crianças".



É razoável que se sobreponha ao título oficial de Campanha de Vacinação Contra a Influenza um outro mais próximo da cultura do nosso povo: vacinação contra gripe. Até se poderia reduzir ainda mais, para acessar maiores segmentos da população, associando a influenza a um ponto de partida possível, aparentemente mais prosaico, o resfriado, porque é uma doença facilmente transmissível de pessoa a pessoa através de tosse ou espirro, como costuma acontecer nas passagens de estações quando as temperaturas caem. Por trás desses sintomas, contudo, há o inimigo mais perigoso que explica essa mobilização nacional, conhecido como gripe H1N1, uma mutação que leva à Influenza ou, ainda, à gripe suína, que abalou o mundo há uns 10 anos atrás. Assim, qualquer que seja o adversário imaginado, vamos prestar atenção no fundamental: a abertura hoje dos postos de saúde como o chamamento para uma batalha da qual os pernambucanos não podem sair como a parte menos envolvida. Não é de nossa tradição.




Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.

OFERTAS

Especiais JC

Especial Nova Rotação Especial Nova Rotação
As cidades estão entrando em colapso. Refletem o resultado da mobilidade urbana convencional, um mal incorporado à sociedade e de difícil enfrentamento.Mas o momento de inverter essa lógica é agora. Criar uma nova rotação para as cidades, para as pessoas
JC Recall de Marcas 2019 JC Recall de Marcas 2019
Pitú e Vitarella são as marcas mais lembradas pelo consumidor pernambucano, de acordo com a edição 2019 do Prêmio JC Recall de Marcas. O ranking foi feito a partir de levantamento do Harrop Pesquisa para o Jornal do Commercio.
Especial Tempo de Férias Especial Tempo de Férias
O tempo das férias finalmente chegou e com ele os vários planos sobre o que fazer no período livre. O JC traz algumas dicas de como otimizar o período para voltar renovado do merecido descanso.

    SIGA-NOS

    LICENCIAMENTO

  • Para solicitação de licenciamento, contactar editores@ne10.com.br

Jornal do Commercio 2019 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE |

PRIVACIDADE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM