Jornal do Commercio
Editorial
TAXA DE DESEMPREGO

Editorial: Reverter a alta do desemprego é desafio para prefeitos

Um desafio gigantesco como o que está posto em nosso País abrange todos os municípios, de todos os Estados

Publicado em 27/08/2019, às 07h33

Números desoladores quando considerados desempregados, subempregados e os que desistiram de procurar trabalho, cerca de 28 mi de brasileiros / Foto: Marcello Casal Jr./ Agência Brasil
Números desoladores quando considerados desempregados, subempregados e os que desistiram de procurar trabalho, cerca de 28 mi de brasileiros
Foto: Marcello Casal Jr./ Agência Brasil
JC Online

Os municípios pernambucanos estão perante um desafio assombroso: reverter a alta do desemprego. Poderia ser uma tarefa razoável se Pernambuco fosse uma ilha sujeita a tempestade econômica passageira, mas não é. O contexto é nacional e aponta até para dias piores, culminando com o Relatório Luz da Agenda 2030 de Desenvolvimento Sustentável, criada pela ONU. Nossa participação é preocupante e nos leva a constatar que não é possível pensar o enfrentamento dos problemas municipais sem associá-los a números que mostram um País com 15 milhões de pessoas em extrema pobreza, 55 milhões de pobres, 34 milhões sem acesso à água tratada, mais de 100 milhões sem serviço de coleta de esgotos e quase 600 mil domicílios sem energia elétrica.

Mesmo quando cuidamos de dar atenção apenas ao que informa o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, o cenário é mais do que sombrio: 13,4 milhões de desempregados no primeiro trimestre de 2019, 5,2 milhões procurando emprego há mais de um ano, 3,3 milhões desocupados há dois anos ou mais. Como dar luz e cores a esse quadro? Com os recursos municipais minguados, quase sempre suficientes apenas para pagar ao funcionalismo e os gastos correntes com limpeza e iluminação públicas? Deve fazer parte do desafio municipal admitir os sinais do Relatório Luz da Agenda 2030 de Desenvolvimento Sustentável.



Um desafio gigantesco como o que está posto em nosso País e abrange todos os municípios, de todos os Estados, talvez exija dos nossos prefeitos bem mais que a tentativa de explicações locais em um quadro econômico marcado pelas baixas taxas de crescimento, queda de consumo, níveis de desemprego que não devem baixar em 2019 e 2020, segundo a Organização Internacional do Trabalho. Números desoladores quando considerados desempregados, subempregados e os que desistiram de procurar trabalho, algo em torno de 28 milhões de brasileiros. 

Desafios

Chega a ser comovente a preocupação dos prefeitos em se agarrarem à ideia do empreendedorismo como possível motor de uma economia em estado de coma e incapaz de gerar empregos com carteira assinada. Mas não se debruçam em deformações como a alta taxa de juros praticada pelos bancos e que dificulta o acesso ao financiamento, sobretudo o microcrédito, para a abertura de micro e pequenas empresas, potencializando a cobrança de tributos sobre produção e trabalho, como faz ver o Relatório Luz. O esgarçamento social causado pelo desemprego exige muito mais que remendos pontuais. Assim como fazem os governadores nordestinos, recorrendo a mecanismos de pouco ou nenhum uso, mas legais – como a formação de consórcios para o enfrentamento de problemas comuns a todos os Estados –, parece ser esse o único caminho possível também para os prefeitos, ou ficarem condenados a conviver com o desalento que qualquer viajante pode ver em qualquer hora do dia, em cidades sem atividade econômica e sem consumidores.




Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.

OFERTAS

Especiais JC

Irmã Dulce e as lições que se multiplicam Irmã Dulce e as lições que se multiplicam
A Santa Dulce dos Pobres deixou um legado enorme por todo o país, e não poderia ser diferente em Pernambuco. Veja exemplos de quem segue o "anjo bom da Bahia"
Jackson era grande demais para um pandeiro Jackson era grande demais para um pandeiro
Em pouco tempo, Jackson do Pandeiro deixou claro que não se tratava apenas de uma voz a mais no cenário artístico pernambucano. Confira especial sobre o artista
Especial Novo Clima Especial Novo Clima
O inverno não é mais o mesmo. E nem o verão. Os efeitos da crise climática alteraram a rotina de milhares de cidadãos das grandes cidades. O JC traz reportagens especiais desvendando o "novo clima"

    SIGA-NOS

    LICENCIAMENTO

  • Para solicitação de licenciamento, contactar editores@ne10.com.br

Jornal do Commercio 2020 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE |

PRIVACIDADE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM