Jornal do Commercio
qual a sua opinião?

Enquete Conexão: Você concorda com o afastamento do delegado Jorge Ferreira?

O delegado teria usado uma rede social, nesse sábado (17), para fazer comentários sobre o assassinato da vereadora Marielle Franco (PSOL)

Publicado em 19/03/2018, às 10h37

Um print da postagem está sendo compartilhado desde as últimas horas do sábado e é alvo de críticas ao delegado / Foto: MARIO VASCONCELLOS / RIO DE JANEIRO MUNICIPAL CHAMBER / AFP
Um print da postagem está sendo compartilhado desde as últimas horas do sábado e é alvo de críticas ao delegado
Foto: MARIO VASCONCELLOS / RIO DE JANEIRO MUNICIPAL CHAMBER / AFP
JC Online

O delegado Jorge Ferreira, do Departamento de Polícia da Mulher de Pernambuco, que teria usado uma rede social, nesse sábado (17), para fazer comentários sobre o assassinato da vereadora Marielle Franco (PSOL), no Rio de Janeiro, foi afastado das funções pelo Governo de Pernambuco. Na postagem, o delegado teria afirmado que ela era “mulher de bandido” e envolvida com o narcotráfico. A mensagem causou indignação e críticas ao delegado.



Em um vídeo publicado na rede social, na tarde deste domingo (18), Jorge Ferreira afirmou que a mensagem não foi escrita por ele. “Nunca falaria uma coisa dessa natureza. Até porque eu trabalho em uma delegacia especializada em crimes contra a mulher e fui escolhido pelo meu caráter.” Ele diz acreditar que pode ter sido vítima de montagem. “Estou aberto a todas as conversas e vou exigir investigação e que o Facebook me explique como isso é possível.”

 

 

Um print da postagem está sendo compartilhado desde as últimas horas do sábado e é alvo de críticas ao delegado.

O que você acha?

 

 


Palavras-chave

Recomendados para você


Comentários

Por haroldo,19/03/2018

As alternativas para a resposta sobre o afastamento do delegado são capciosas. Tem que ser apurado se ele falou a verdade.



Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

BRT: E agora? BRT: E agora?
Ele está ferido, sofrido. Esquecido. E sem perspectivas de melhoria. Tem sobrevivido como é possível e, apenas pontualmente, esboça reações positivas. O sistema BRT, Bus Rapid Transit, tem sofrido de inanição em todo o País. E poderá se perder.
Especial educação Especial educação
E se você descobrisse que o futuro ligado às tendências que irão norteá-lo já chegou? O mundo hoje é um mar de oportunidades, para conhecimento, informação e inovação. Cada vez mais o profissional precisa evoluir. Por isso veja o caminho a seguir
A revolução da ciclomobilidade: o exemplo de Fortaleza A revolução da ciclomobilidade: o exemplo de Fortaleza
A capital cearense, diferentemente da pernambucana – embora nordestina também – deu um salto na infraestrutura viária voltada para as bicicletas. A cidade está repleta de ciclofaixas. Por toda parte. E a grande maioria conectada

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2018 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM