Jornal do Commercio
Disputa interna

PT de Pernambuco adia para junho decisão sobre candidatura própria

Data foi remarcada após negociação entre o grupo que defende a candidatura de Marília Arraes e os que defendem a aliança com o PSB

Publicado em 05/05/2018, às 17h01

Marília ainda enfrenta resistência interna para disputar o governo do Estado pelo PT
 / Foto: Felipe Ribeiro / JC Imagem
Marília ainda enfrenta resistência interna para disputar o governo do Estado pelo PT
Foto: Felipe Ribeiro / JC Imagem
JC Online

Atualizada às 16h09

O diretório estadual do PT em Pernambuco divulgou neste sábado (5) o adiamento da reunião, marcada para o próximo sábado (12), que decidiria se o partido teria candidatura própria ao governo do estado nas eleições de outubro. A data foi remarcada após uma negociação entre a ala do partido que apoia a candidatura da vereadora Marília Arraes ao cargo e os militantes que preferem apoiar a reeleição de Paulo Câmara (PSB).

"Decidimos, por acordo, alterar a data do encontro estadual para 10 de junho. Houve um apelo do GTE Nacional nesse sentido. No encontro, primeiro se decidirá a tática em 2018 (se candidatura própria ou aliança). Depois, caso prevaleça a candidatura própria, se escolherá o nome do candidato e demais pontos (senado e proporcional), bem como eixos do programa de governo. Até lá, faremos uma pesquisa com apoio da Nacional e seguiremos a agenda de construir consensos internos", afirmou o presidente do PT-PE, Bruno Ribeiro.



De acordo com a deputada estadual Teresa Leitão (PT-PE), o adiamento da reunião que aconteceria no próximo dia 12 de maio foi um movimento de conciliação, alinhado com a pré-candidata petista Marília Arraes e com a corrente do partido que apoia a recondução do atual governador. “O diretório foi convocado para organizarmos e incluirmos na pauta a possibilidade de mudança da data de definição. Não se trata de imposição, mas de uma sugestão alinhada com o diretório nacional. O adiamento não tem nada a ver com o fortalecimento da proposta de aliança e nem atrapalha uma candidatura própria. A ideia inicial era levar a reunião para o dia 17 de junho, mas, num movimento de conciliação, foi aceito o desejo de Marília pelo dia 10”, diz. “O PT tem muitas categorias, e elas têm suas posições. Todas serão ouvidas até uma decisão”, reforça Teresa Leitão.

Principal nome para uma candidatura própria do PT, a vereadora Marília Arraes disse se manter confiante em relação à sua aprovação. “Estou muito tranquila que os líderes do partido estarão me apoiando. A mudança da data não enfraquece minha pré-candidatura, só dá mais tempo para continuarmos conversando com as pessoas”, afirma.

Leia a íntegra da nota do PT-PE





Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.

OFERTAS

Especiais JC

Especial Tempo de Férias Especial Tempo de Férias
O tempo das férias finalmente chegou e com ele os vários planos sobre o que fazer no período livre. O JC traz algumas dicas de como otimizar o período para voltar renovado do merecido descanso.
Copa América no Brasil Copa América no Brasil
Confira a relação da Copa América com o Brasil, o histórico e detalhes da edição deste ano, na qual a seleção terá que se virar sem Neymar, cortado do torneio. Catar e Japão participam como convidados
O nome dele era Gabriel Diniz O nome dele era Gabriel Diniz
José Gabriel de Souza Diniz, o Gabriel Diniz, ou simplesmente GD como os fãs o chamavam, morreu precocemente, aos 28 anos, em um acidente com um pequeno avião no litoral sul de Sergipe ocorrido na segunda-feira, 27 de maio de 2019.

    SIGA-NOS

    LICENCIAMENTO

  • Para solicitação de licenciamento, contactar editores@ne10.com.br

Jornal do Commercio 2019 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE |

PRIVACIDADE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM