Jornal do Commercio
PSL

Bolsonaro diz que não responde por declarações de seu vice

O vice de Bolsonaro, general Mourão, afirmou que o Brasil ''herdou a cultura de privilégios dos ibéricos, a indolência dos indígenas e a malandragem dos africanos''

Publicado em 07/08/2018, às 20h26

"Eu respondo pelos meus atos, ele pelos dele", resumiu Bolsonaro
Foto: Fábio Rodrigues Pozzebom/ Agência Brasil
Estadão Conteúdo

O candidato do PSL à Presidência da República, Jair Bolsonaro, esquivou-se da polêmica em que se envolveu o general Hamilton Mourão, no primeiro evento público do qual participou como vice da chapa encabeçada por ele.

"Eu respondo pelos meus atos, ele pelos dele", resumiu Bolsonaro ao ser questionado sobre o discurso de Mourão. Ontem, em um evento na cidade gaúcha de Caxias do Sul, o general afirmou que o Brasil "herdou a cultura de privilégios dos ibéricos, a indolência dos indígenas e a malandragem dos africanos".



O militar falava sobre as condições de subdesenvolvimento do País e da América Latina. Bolsonaro, que está hoje na Câmara dos Deputados, avaliou que as declarações polêmicas não mancham sua campanha e são de responsabilidade do general.

Indolência

O presidenciável também comentou sobre o significado da palavra indolência. "É a capacidade de perdoar? O índio perdoa", desconversou.


Recomendados para você




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

As Paixões de José Pimentel, o eterno Jesus As Paixões de José Pimentel, o eterno Jesus
O JC preparou um hotsite especial em homenagem ao ator e diretor Jose Pimentel, o eterno Jesus Cristo do teatro pernambucano
Nordeste Renovável Nordeste Renovável
Com a força dos ventos e a incidência solar, o Nordeste desponta como oásis. Não só para o turismo, nem apenas no Litoral. Na geração de energia sustentável está a nova fonte de riqueza da Região, principalmente no interior
Vidas Compartilhadas Vidas Compartilhadas
O JC apresenta o mundo da doação e dos transplantes de órgãos pelas vozes de pessoas que ensinam, mesmo diante das adversidades, a recomeçar a vida quantas vezes for preciso.

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2018 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM