Jornal do Commercio
debate paralelo

'Lava Jato mentiu a meu respeito', diz Lula em vídeo no debate paralelo

Fernando Haddad, Manuela D'Ávila, Gleisi Hoffmann e Sergio Gabrielli participaram de debate paralelo onde vídeos de Lula foram exibidos

Publicado em 09/08/2018, às 23h29

Fernando Haddad disse que é preciso gerar empregos para que a economia cresça / Foto: reprodução/facebook
Fernando Haddad disse que é preciso gerar empregos para que a economia cresça
Foto: reprodução/facebook
Da Editoria de Politica

Na noite desta quinta-feira (9), nas redes sociais, o PT transmite um debate paralelo, em que Fernando Haddad, Manuela D'Ávila, que integram a chapa petista, a presidente do PT, Gleisi Hoffmann e o coordenador da campanha do Lula, Sergio Gabrielli, discutem as ideias e o programa de governo do ex-presidente Lula. Vídeos do petista, que está preso em Curitiba, estão sendo apresentados durante o programa. "A Lava Jato mentiu a meu respeito e vai precisar continuar mentido. E eu disse isso ao Moro no meu julgamento, que Moro virou refém da Globo", afirmou Lula na primeira aparição. 

Durante o debate,  Haddad e Manuela afirmam que Lula está sendo julgado de forma imparcial. "Estamos pedindo para a Justiça tratar Lula de forma imparcial. Não é um favor para uma pessoa especial. Lula quer ser tratado com Justiça. Para fazer a voz de Lula chegar aos trabalhadores nós estamos aqui", disse Haddad. 

Manuela também afirmou que, nestes oito meses de pré-candidatura, ficou muito claro que o povo já percebeu a injustiça que está sendo cometida contra Lula. “Ele só está preso pois vai ganhar a eleição. Isso é o povo quem diz. Lula não foi julgado levando uma interpretação adequada do que diz a legislação, todo mundo vai percebendo, porque sabe que é ele que vai ganhar a eleição”.



Fernando Haddad afirmou que é preciso gerar empregos para que a economia cresça. "O ciclo recessivo do golpe de 2016 está piorando com a retirada de direitos dos trabalhadores e a falta de investimentos do governo federal."

Sem debate na Band

Candidato pelo Partido dos Trabalhadores (PT), o ex-presidente Lula, que está preso desde abril, pediu à Justiça para comparecer ao debate, mas teve o pedido negado. O PT pediu, então, à Band para enviar o candidato a vice na chapa, ex-prefeito de São Paulo Fernando Haddad, o que também foi negado.


Palavras-chave

Recomendados para você




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Especial educação Especial educação
E se você descobrisse que o futuro ligado às tendências que irão norteá-lo já chegou? O mundo hoje é um mar de oportunidades, para conhecimento, informação e inovação. Cada vez mais o profissional precisa evoluir. Por isso veja o caminho a seguir
A revolução da ciclomobilidade: o exemplo de Fortaleza A revolução da ciclomobilidade: o exemplo de Fortaleza
A capital cearense, diferentemente da pernambucana – embora nordestina também – deu um salto na infraestrutura viária voltada para as bicicletas. A cidade está repleta de ciclofaixas. Por toda parte. E a grande maioria conectada
Cantos e Recantos Cantos e Recantos
A temporada de sol está nos espreitando, e a Praia de Boa Viagem é sempre uma opção de passeio. Mas que tal ousar um pouquinho na quilometragem e desbravar outros destinos? Pernambuco tem muitos lugares fantásticos e você vai adorar o roteiro que o JC fe

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2018 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM