Jornal do Commercio
ELEIÇÕES 2018

Para candidata do PSOL, aliança entre Jarbas e Humberto é 'contraditória'

Eugênia tenta uma vaga no Senado pelo PSOL. Ela também defende transformação da Arena de Pernambuco em habitacional

Publicado em 12/09/2018, às 18h53

Eugênia tenta uma vaga no Senado pelo PSOL / Foto: Diego Nigro / JC Imagem
Eugênia tenta uma vaga no Senado pelo PSOL
Foto: Diego Nigro / JC Imagem
Victor Tavares
Do Blog de Jamildo

Eugênia Lima (PSOL) foi a sabatinada desta quarta-feira (12) do programa 'Resenha Política’ da TV JC. Durante a entrevista, Eugênia que compõe a chapa feminista do PSOL, defendeu a transformação da Arena de Pernambuco em um habitacional popular. A psolista criticou ainda a Operação Lava Jato afirmando que a operação da Polícia Federal “só prendeu quem era de esquerda”. “A Operação Lava Jato foi importante mas ela só indicou, só prendeu quem era de esquerda. A Operação Lava Jato vem junto com um judiciário que também é politico. Se fosse para prender todo mundo a gente seria super a favor”, afirmou.

Quando perguntada sobre suas propostas para a Arena, a candidata defendeu a transformação do equipamento em um grande habitacional. “A gente precisa rever essa parceria. Eu acho que a gente tem tanta gente sem casa. Fazia umas habitações populares, eu acho que a gente podia fazer isso. Um centro de esportes para a juventude, movimentar aquilo com a população. O resultado da Copa para a população brasileira foi muito maléfico”.



Ao ser perguntada sobre porque critica o fato de Jarbas e Humberto estarem juntos no mesmo palanque, Eugênia disse que é contraditório. “É muito contraditório e muito difícil a gente ver ruma imagem daquela e não se chocar. A gente sofreu um golpe, uma presidente ser ‘impeachmada’ com apoio de candidatos como Jarbas, Bruno Araujo e hoje eles estão abraçados com Humberto”, disse e emendou. “Tem limites né? A gente muda de opinião, a gente não muda de princípios. Opinião e uma coisa, princípios é bem diferente”.

CONFIRA A ENTREVISTA COM EUGÊNIA LIMA



Comentários

Por BENEVAL S. BANDEIRA,13/09/2018

Ohoo!!!!. Geninha, sabes que na política partidária,tudo é possível. Com aquela é uma ciência não exata,unem-se jacará com cobra d'agua, apenas visando o poder, á qlq custo. Infelizmente.



Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

A revolução da ciclomobilidade: o exemplo de Fortaleza A revolução da ciclomobilidade: o exemplo de Fortaleza
A capital cearense, diferentemente da pernambucana – embora nordestina também – deu um salto na infraestrutura viária voltada para as bicicletas. A cidade está repleta de ciclofaixas. Por toda parte. E a grande maioria conectada
Cantos e Recantos Cantos e Recantos
A temporada de sol está nos espreitando, e a Praia de Boa Viagem é sempre uma opção de passeio. Mas que tal ousar um pouquinho na quilometragem e desbravar outros destinos? Pernambuco tem muitos lugares fantásticos e você vai adorar o roteiro que o JC fe
As Paixões de José Pimentel, o eterno Jesus As Paixões de José Pimentel, o eterno Jesus
O JC preparou um hotsite especial em homenagem ao ator e diretor Jose Pimentel, o eterno Jesus Cristo do teatro pernambucano

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2018 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM