Jornal do Commercio
RECUPERAÇÃO

Bolsonaro segue estável em UTI e reiniciará fisioterapia nesta sexta (14)

Bolsonaro continua em jejum oral, com alimentação através de sonda

Publicado em 14/09/2018, às 10h50

Bolsonaro não apresentou complicações após a cirurgia  / Foto: Reprodução
Bolsonaro não apresentou complicações após a cirurgia
Foto: Reprodução
JC Online

O candidato à Presidência Jair Bolsonaro segue internado da Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Albert Einstein, e seu estado de saúde permanece estável e sem complicações após a cirurgia realizada na última quarta-feira (12), para desobstruir a aderência das paredes intestinais e tratar das consequências da facada que levou durante ato de campanha, no dia 6. 



Segundo o boletim médico, ainda nesta sexta (14) o presidenciável do PSL irá reiniciar a fisioterapia, com exercícios respiratórios e de caminhada. Ele continua recebendo analgésicos para controlar a dor, mas não apresenta febre ou outros sinais de infecção. Bolsonaro segue também em jejum oral, com alimentação através de sonda.



Comentários

Por Lucas Silva,14/09/2018

Para tristeza dos petralhas que querem matá-lo. Bolsonaro 17 - presidente.

Por cESAR mAIOR,14/09/2018

FORÇA CAPITÃO O BRASIL PRECISA DE VÕCE



Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

JC 100 anos JC 100 anos
Para marcar os 100 anos de fundação, o JC publica este especial com um panorama do que se passou neste período em que o jornal retratou o mundo, com projeções de especialistas sobre o que vem por aí e com os bastidores da Redação do Jornal do Commercio
Sozinha nasce uma mãe Sozinha nasce uma mãe
Uma palavra se repete na vida dela: sozinha. Porque estava sozinha na gravidez. Sozinha na hora do parto. Sozinha nas primeiras noites de choro. Sozinha nos primeiros passos. Sozinha no registro civil. O JC conta histórias de luta das mães sozinhas
Segunda chance - Caminhos para ressocializar Segunda chance - Caminhos para ressocializar
Eles saem das prisões, mas as prisões não saem deles. Perseguem-nos até o final de suas vidas. Como uma condenação perpétua. Pena. Eles lamentam. Mas precisam seguir. E neste difícil caminho da ressocialização, o trabalho é uma espécie de absolvição.

    SIGA-NOS

    LICENCIAMENTO

  • Para solicitação de licenciamento, contactar editores@ne10.com.br

Jornal do Commercio 2019 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE |

PRIVACIDADE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM