Jornal do Commercio
JORNAL NACIONAL

Bolsonaro prega união do País e repreende Mourão publicamente

Ao comentar declarações polêmicas de Mourão, Bolsonaro disse que ''ele é general, eu sou o capitão, mas o presidente sou eu''

Publicado em 08/10/2018, às 21h37

Bolsonaro foi entrevistado pelo Jornal Nacional nesta segunda-feira (8) / Reprodução/TV Globo
Bolsonaro foi entrevistado pelo Jornal Nacional nesta segunda-feira (8)
Reprodução/TV Globo
Estadão Conteúdo

O candidato do PSL à Presidência, Jair Bolsonaro, afirmou na noite desta segunda-feira (8) ao Jornal Nacional, da TV Globo, que pretende unir o País se for eleito ao Planalto. Ele também repreendeu publicamente o vice na sua chapa, general Hamilton Mourão (PRTB), e afirmou que será o escravo da Constituição.

"Nós vamos pacificar e unir o povo brasileiro", disse o candidato. Bolsonaro afirmou ainda que vai ser "escravo da nossa Constituição".

O candidato colocou ainda o vice em saia-justa. Ao comentar declarações polêmicas de Mourão, Bolsonaro disse que "ele é general, eu sou o capitão, mas o presidente sou eu".



Ele disse ainda que falta tato ao vice e que ele foi infeliz em falas recentes. Bolsonaro errou ainda o nome de Mourão duas vezes - o chamou de Augusto, em vez de Hamilton.

Nordeste

Em um aceno ao eleitorado no Nordeste, Bolsonaro disse que é uma fake news dizer que ele vai acabar com o Bolsa Família. Ele agradeceu ainda os votos "de lideranças evangélicas, do homem do campo, dos caminhoneiros, de membros das forças armadas e policiais".

Bolsonaro se comprometeu ainda que não pretendem recriar a CPMF e prometeu isentar de pagamento de Imposto de Renda quem ganha até cinco salários mínimos.



Comentários

Por revoltado,09/10/2018

Infelizmente essa JOÇA vai ser presidente. Lamentável a ignorância do povo, principalmente daqueles que estudaram e se propõe a votar em um candidato totalmente alheio, fantoche de filme de guerra. Infelizmente todos nós vamos pagar pelo voto inconsciente e irresponsável da maioria da população.

Por Eduardo,09/10/2018

O nordeste salvou o Brasil do Aécio a 4 anos, O filme se repete, não querem ouvir e vão votar no novo Aécio, só que dessa vez o nordeste não vai conseguir salvar o Brasil sozinho.

Por LYRA,09/10/2018

Essa é a verdadeira JABUTICABA, que só existe nesta zona chamada brasil, um capital merda, dando ordens a um generalzinho frouxo, almofadinha, idiota e sem moral, que junto com seu comandante quer acabar com o resto dos direitos trabalhistas do trabalhador brasileiro. Eita terrinha nojenta.

Por Barreto,09/10/2018

Lamentável a falta de qualidades dos dois candidatos. É a tal estória (história): se correr o bicho pega; se ficar, o bicho come. Pobre Brasil!!!

Por TED BOY,08/10/2018

Presidente sou eu.como assim nem ganhou a eleição ainda.agora resolveu reprrender o Generalzinho foi depois que ele falou merda que ia acabar férias e décimo terceiro do trtabalhador.



Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Papai Noel o ano inteiro Papai Noel o ano inteiro
As luzes na cidade anunciam que o Natal já chegou. É nesta época do ano que o espírito natalino faz aflorar alguns dos sentimentos mais nobres. Agora iremos contar histórias de pessoas, organizações e empresas que fizeram da solidariedade missão de vida
Vida fit todo dia Vida fit todo dia
Apesar de a abertura do Verão no Brasil só acontecer em dezembro, no Nordeste há uma antecipação da data. Por esse motivo, que tal aproveitar esses meses de energia para cultivar bons hábitos e mudar o estilo de vida? Veja várias dicas de como se cuidar
BRT: E agora? BRT: E agora?
Ele está ferido, sofrido. Esquecido. E sem perspectivas de melhoria. Tem sobrevivido como é possível e, apenas pontualmente, esboça reações positivas. O sistema BRT, Bus Rapid Transit, tem sofrido de inanição em todo o País. E poderá se perder.

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2018 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM