Jornal do Commercio
ELEIÇÕES 2018

Bolsonaro diz que deverá participar de dois debates

Segundo ele, após um novo exame, no dia 18, deverá ser liberado para os debates e atividades de campanha

Publicado em 11/10/2018, às 11h08

Bolsonaro convocou os eleitos pelo PSL e partidos coligados para um ato público na quinta (11), às 14h / Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil
Bolsonaro convocou os eleitos pelo PSL e partidos coligados para um ato público na quinta (11), às 14h
Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil
Agência Brasil

Utilizando as redes sociais, o candidato à Presidência da República pelo PSL, Jair Bolsonaro, rebateu as críticas sobre sua ausência e suposta fuga dos debates com o candidato do PT, Fernando Haddad. Segundo ele, após um novo exame a que será submetido no dia 18, deverá ser liberado pelos médicos para os debates e demais atividades de campanha.

“[Para] quem acha que estou fugindo de debates, estou cuidando da minha saúde. Não adianta eu debater, ter uma recaída e voltar para o hospital”, disse o candidato, que informou estar disposto a participar de pelo menos dois debates.

A resposta foi dada durante uma entrevista ao vivo ao empresário Luciano Hang, em vídeo divulgado pelo Facebook, ao comentar a acusação de que estaria fugindo de debates. A entrevista foi na quarta (10). Mais uma vez, o candidato reiterou sua determinação de reduzir para 15 o número de ministérios.

Também no Facebook, Bolsonaro, em sua página, postou cinco colagens, reunindo títulos e links de reportagens antigas, de 2006 e 2009, informando que os então candidatos do PT Luiz Inácio Lula da Silva e Dilma Rousseff não participaram de debates. A reação é uma resposta a Haddad que tem cobrado dele a participação nos eventos.

Propostas

Após reunião com a bancada ruralista, o candidato deu a entender que pretende fundir as pastas da Agricultura e do Meio Ambiente e que o nome do ministro será sugerido pelo setor produtivo. “Tem que ser uma pessoa competente, com autoridade e que tenha iniciativa”, afirmou.



Na entrevista, Bolsonaro afirmou também que definirá o décimo terceiro salário para beneficiários do Bolsa Família e que investigará financiamentos internacionais do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).

Questionado sobre o programa Mais Médicos, o candidato afirmou que os estrangeiros que quiserem ingressar e tiverem a intenção de permanecer atuando no Brasil, deverão passar pelo processo de revalidação dos diplomas.

Assim como fez após o primeiro turno das eleições, Bolsonaro voltou a questionar a lisura das urnas eletrônicas e pediu a volta do voto impresso. Ontem (10), em visita a Lisboa, o ministro das Relações Exteriores, Aloysio Nunes, destacou a confiabilidade das urnas e do processo eleitoral brasileiro.

Ato

Bolsonaro, por meio de interlocutores, convocou os eleitos pelo PSL e partidos coligados para um ato público às 14h, no Hotel Windsor, na Barra da Tijuca. Será transmitido um discurso do candidato ressaltando a importância do engajamento no segundo turno.

Nas redes sociais, Bolsonaro criticou os atos de violência cometidos por quem se diz simpatizante e apoiador de sua candidatura.



Comentários

Por Joaquim José Tenório de Azevêdo,12/10/2018

Gostaria de fazer uma única pergunta a esses Petrálhas e sguidores do Presidiário que está preso no Prédio da Polícia Federal, sem curso superior ou coisa parecida. Queria perguntar se Bolsonaro responde a algum processo? Diferente do candidato do PT que responde e foi denunciado pelo MP estadual de São Paulo e Ministério Público Federal, a mais de oitenta processos de Improbidade administrativa, corrupção e enriquecimento ilícito. Bolsonaro é um homem íntegro e honrado, diferente do Haddad, corrupto e ladrão. Foi o pior Prefeito de São Paulo e o pior Ministro da Educação que o Brasil já teve. Perdeu a eleição para Dória no primeiro turno. Tá mais do que comprovado, não serve para o Brasil.

Por Almeida,11/10/2018

Bolsonaro não deveria se dar ao trabalho de trocar ideias com o boneco do presidiário num debate pois só vai ter aborrecimentos e se estressar . Eles não merecem essa consideração pois não passam de larápios, grandes vigaristas. Faria melhor se poupando para o enorme trabalho que terá pela frente quando for presidente. Esse "show" é dispensável.

Por Leo Lopes,11/10/2018

Debate ? Pra quê ? Debater com fantoche de criminoso é perda de tempo e valorizar quem não presta. Melhor seria uma coletiva ampla e irrestrita para toda a imprensa.

Por samuel ,11/10/2018

eu não ia a nenhum esses vagabundos do PT, não eram nem para tá disputando mais a PRESIDÊNCIA, só mesmo um povinho burro e desinformado feito esse brasileiro.

Por Eisenhower,11/10/2018

Frouxo não, folote.



Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Especial educação Especial educação
E se você descobrisse que o futuro ligado às tendências que irão norteá-lo já chegou? O mundo hoje é um mar de oportunidades, para conhecimento, informação e inovação. Cada vez mais o profissional precisa evoluir. Por isso veja o caminho a seguir
A revolução da ciclomobilidade: o exemplo de Fortaleza A revolução da ciclomobilidade: o exemplo de Fortaleza
A capital cearense, diferentemente da pernambucana – embora nordestina também – deu um salto na infraestrutura viária voltada para as bicicletas. A cidade está repleta de ciclofaixas. Por toda parte. E a grande maioria conectada
Cantos e Recantos Cantos e Recantos
A temporada de sol está nos espreitando, e a Praia de Boa Viagem é sempre uma opção de passeio. Mas que tal ousar um pouquinho na quilometragem e desbravar outros destinos? Pernambuco tem muitos lugares fantásticos e você vai adorar o roteiro que o JC fe

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2018 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM