Jornal do Commercio
ELEIÇÕES 2018

PT planeja revelar parte do gabinete antes do 2º turno

Nomes para as pastas de Educação, Fazenda e Justiça devem ser divulgados pelo PT antes do 2° turno

Publicado em 11/10/2018, às 09h29

Jaques Wagner, um dos coordenadores de campanha do PT, afirmou que os nomes serão divulgados para 'tranquilizar a população' / Foto: José Cruz/Agência Brasil
Jaques Wagner, um dos coordenadores de campanha do PT, afirmou que os nomes serão divulgados para 'tranquilizar a população'
Foto: José Cruz/Agência Brasil
Estadão Conteúdo

O ex-ministro e ex-governador Jaques Wagner (PT), senador eleito pela Bahia e um dos coordenadores da campanha do candidato à Presidência Fernando Haddad (PT), afirmou nesta quarta-feira (10), que nomes de ministros de um governo petista podem ser anunciados antes da eleição.

As pastas de Educação, Fazenda e Justiça podem ter divulgados "nomes que tranquilizem a população", segundo Wagner. "Pode ser que ele anuncie um, dois, três nomes, na Educação, Fazenda, Justiça (...) Na Educação, pode ser que anuncie uma sumidade da Educação", afirmou.

Segundo Wagner, na Educação o anúncio teria a função de minimizar o impacto de notícias falsas. Na Justiça, afirmou, a divulgação teria a função de dar recados na área de segurança, uma das principais bandeiras do adversário Jair Bolsonaro (PSL). "O discurso sobre segurança pública tem que ser duro, senão a população não acredita em você", disse.



O ex-ministro disse ainda que o perfil da equipe econômica não seria encabeçada por alguém do mercado financeiro. O nome ideal, afirmou, "pode ser de alguém da indústria ou algum desenvolvimentista", mas "seguramente não será alguém do mercado financeiro", porque "esse perfil do mercado a gente já conhece"

Wagner chamou Bolsonaro de "candidato fake, que vive de fake news". Em outro momento, afirmou que o candidato do PSL é "valente fujão" e "valente de bravatas". "Nenhum empresário com juízo vai botar dinheiro aqui com um governo dessa natureza, sem saber que regra está valendo. Talvez a gente vire um governo só do agronegócio. É a contramão do mundo", afirmou Wagner. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.





Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Copa América no Brasil Copa América no Brasil
Confira a relação da Copa América com o Brasil, o histórico e detalhes da edição deste ano, na qual a seleção terá que se virar sem Neymar, cortado do torneio. Catar e Japão participam como convidados
O nome dele era Gabriel Diniz O nome dele era Gabriel Diniz
José Gabriel de Souza Diniz, o Gabriel Diniz, ou simplesmente GD como os fãs o chamavam, morreu precocemente, aos 28 anos, em um acidente com um pequeno avião no litoral sul de Sergipe ocorrido na segunda-feira, 27 de maio de 2019.
Conheça o udigrudi pernambucano Conheça o udigrudi pernambucano
O udigrudi pernambucano reuniu um grupo de talentosos jovens músicos que, na primeira metade dos anos 70, gravou discos absolutamente não comerciais, fez rock and roll na terra do frevo, produziu festivais, insistiram na permanência do sonho.

    SIGA-NOS

    LICENCIAMENTO

  • Para solicitação de licenciamento, contactar editores@ne10.com.br

Jornal do Commercio 2019 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE |

PRIVACIDADE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM